Papa

Ratzinger abraça Francisco e os novos cardeais

Houve muitos abraços. Um em especial chamou a atenção: longo, muito longo, entre os dois papas

Ratzinger abraça Francisco e os novos cardeais

© OSSERVATORE ROMANO / AFP

Por Domenico Agasso Jr

Depois do Consistório, Bergoglio e os novos cardeais visitaram Bento XVI no Mosteiro Mater Ecclesiae. Os dois papas abençoaram os prelados.

Houve muitos abraços. Um em especial chamou a atenção: longo, muito longo, entre os dois papas. Depois, a oração e uma bênção dos dois pontífices.

Depois do terceiro Consistório para a criação de novos cardeais do pontificado de Francisco, o grupo composto pelo pontífice e os novos cardeais foram visitar Bento XVI, em dois ônibus, no Mosteiro Mater Ecclesiae, onde mora o papa emérito.

O longo abraço entre Francisco e Bento XVI na presença dos novos cardeais foi o gesto inicial do encontro. No pátio do Mosteiro Mater Ecclesiae, o papa foi recebido por dom Georg Gänswein, prefeito da Casa Pontifícia. Bento XVI estava esperando por eles na capela.

Depois do gesto de abraço entre os dois papas, Ratzinger saudou e abraçou um a um os 16 novos cardeais presentes.

O Papa Ratzinger parecia emagrecido, mas também estava muito sorridente e participativo. Assim como aconteceu no sábado (19 de novembro) com o Consistório, Bento XVI não participaria, no domingo (20), da cerimônia do encerramento da Porta Santa da Basílica vaticana.

Publicidade
Publicidade