Oração & Vida interior

Aprender a olhar com admiração

"O que olha, no fundo, descobre"

Aprender a olhar com admiração

Adam Hester | Getty Images

Isso é o bonito.

O que olha, no fundo, descobre.

O que procura, no final encontra.

E então há instantes que se transformam em referência.

Memórias que nos dão motivos para caminhar.

Vivências que ninguém pode nos tirar.

Carícias que se transformam, para sempre, em toque vivo.

Instantes de comunhão em que a fé, por um momento,

Tem mais de resposta do que de pergunta.

Celebrações verdadeiras.

Festas em que a alegria é tão real que sorris ao recordar.

 

 

Fonte: pastoralsj.org

Via Oleada Joven

Publicidade
Publicidade