Aleteia

Sabia que o Papa João Paulo II pediu para os católicos retomarem a oração de São Miguel Arcanjo?

Compartilhar
Comentar

Oração foi escrita há mais de 100 anos por outro papa

A oração ao Arcanjo Miguel foi composta pelo Papa Leão XIII, depois que ele teve uma visão da batalha entre a “mulher vestida de sol” e o grande dragão que tentou devorar seu filho ao nascer. A passagem está no capítulo 2 do livro do Apocalipse.

Em 1886, o Papa decretou que a oração fosse rezada no fim da Santa Missa em todas as igrejas do mundo.

Esta prática de invocar São Miguel Arcanjo aconteceu até o Concílio do Vaticano II, em que a determinação de fazer a oração no fim da Missa foi revogada. Os fieis poderiam continuar com a devoção, mas de forma particular.

João Paulo II e a oração a São Miguel Arcanjo

Em 1994, durante o Ano Internacional da Família, o Papa João Paulo II pediu a todos os católicos que rezassem essa oração diariamente. Ele advertiu que o destino da humanidade estava em perigo.

Mesmo que São João Paulo II não tenha ordenado que a oração fosse feita depois da Missa, ele exortou a todos os católicos a rezarem-na juntos para superar as forças da escuridão e o mal no mundo.

A mulher vestida de sol

Na sua mensagem durante o Ângelus do dia 24 de Abril de 1994, na praça São Pedro, pouco antes da Conferência das Nações Unidas no Cairo, João Paulo II falou da “mulher vestida de sol”.

O Santo Padre disse, na época, que na nossa era “todas as ameaças acumuladas na vida” são colocadas diante da mulher, e nós devemos nos dirigir à “mulher vestida de sol” para superar todas as armadilhas.

A mensagem incentivava o povo católico a invocar novamente São Miguel Arcanjo através da oração que o Papa Leão XVIII escreveu.

“Que a oração nos fortaleça para a batalha espiritual a que se refere a Carta aos Efésios: Fortalecei-vos no Senhor e na força do seu poder. Revesti-vos de toda a armadura de Deus, para que possais estar firmes contra as astutas ciladas do diabo.”
Efésios 6:10,11

“O Papa Leão XIII, sem dúvida, tinha uma visão muito viva desta cena quando, no fim do século passado, introduziu uma oração especial a São Miguel Arcanjo em toda a Igreja. Inclusive, se não se faz mais esta oração ao fim da Missa, nós podemos recordar este chamado à luta espiritual e recitá-la para obtermos a ajuda na batalha contra as forças da escuridão e do inimigo mal.”

Oração de São Miguel Arcanjo

São Miguel Arcanjo,
protegei-nos no combate,
defendei-nos com o vosso escudo
contra as armadilhas
e ciladas do demónio.
Deus o submeta,
instantemente o pedimos;
e vós, Príncipe da milícia celeste,
pelo divino poder,
precipitai no inferno a Satanás
e aos outros espíritos malignos
que andam pelo mundo
procurando perder as almas.
Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo.
Amém.

 

 

 

Boletim
Receba Aleteia todo dia