Aleteia

Quando o seu futuro não parecer tão claro, leia isso

Pixabay
Compartilhar
Comentar

Não deixe o ontem ocupar o hoje

Nós todos vimos dias difíceis, e as vezes lutamos por dentro. Ninguém pode ver ou mapear a tempestade que está dentro de nós, a não ser nós mesmos.

As vezes, acordamos em dias em que o sol é tão brilhante, mas em vez de recebê-lo, fechamos nossos olhos, todos nós já acordamos em dias em que o ruído dentro nós grita muito alto, e tudo parece borrada.

Nós respiramos só para sobreviver, nós ainda sorrimos, nós ainda vivemos porque é o que temos que fazer e é o que eu tenho que fazer em meio ao caos que este mundo chove e jorra sobre nós, não podemos deixá-lo nos banhar.

Devemos sobreviver ao hoje, respirar o amanhã, executar o ontem só uma vez e acolher o futuro que nos é dado.

Porque sem estes dias ruins não seríamos capazes de reconhecer o que os bons dias nos fará sentir.

E mesmo quando não sabemos o que estamos fazendo, ou quando não sabemos que caminho é o certo, temos que continuar caminhando, mesmo que seja lentamente.

Todos nós nos perdemos um pouco às vezes. Todos nós nos magoamos um pouco por algo que nunca se esperava.

Alguns dias são melhores, mas certos dias são assombrado pelo fantasma das memórias amargas. É difícil saber qual o caminho resta e qual o caminho está certo quando sua cabeça já está girando.

Mas sua vida é tudo que te resta, você tem que se manter sobrevivendo em meio aos destroços. Eu sei, é difícil andar às cegas pela floresta, não sabendo a próxima parada que vem a seguir, mas  continue andando.

A beleza da queda vem depois de ser levada por ela.

Você cresce mais forte, respira mais profundo e se sente mais leve.

A beleza da queda é a luz que você ver quando dá a volta por cima, e como você se adapta a luta e passa por uma amanhã melhor.

Para ser o melhor, você deve ser capaz de lidar com o pior, pense nisso. Se hoje fosse seu último dia na terra, você teria queria que passar com tristeza ou alegria?

Deixe de lado o que você não pode mudar. Lentamente, gradualmente, vamos nos recuperando, sobrevivendo e reconstruindo.

Não deixe o ontem ocupar o hoje.

 

(via Prosa e Poesia)

Boletim
Receba Aleteia todo dia