Aleteia

O “decálogo” dos japoneses para viver 100 anos

Shutterstock
Compartilhar
Comentar

10 dicas para viver bastante e com qualidade, com base na trajetória de pessoas centenárias do Japão

O Japão é o país com mais pessoas centenárias no planeta. Não só isso: elas têm qualidade de vida muito superior à de outros idosos com idades menos avançadas. Como se consegue isso?

Junko Takahashi dá várias respostas em seu livro “O método japonês para viver cem anos”, no qual conta histórias com rosto real de japoneses centenários e seus hábitos que ajudaram nessa longevidade.

São pessoas como a fotógrafa Tsuneko Sasamoto, de 100 anos, cujo lema é “Nunca é tarde para aprender”, e como o médico Shigeaki Hinohara, de 104 anos, conhecido como “o centenário mais ocupado do Japão”: ele tem a agenda cheia para os próximos dois anos!

O método exposto por Junko Takahashi inclui o seguinte “decálogo”:

1 – Seja uma pessoa amável, educada, curiosa, decidida e de mente aberta.

2 – Treine o seu cérebro lendo, conversando, estudando e escrevendo (um diário, de preferência).

3 – Lembre-se de que os amigos são cruciais para se viver mais de 100 anos.

4 – Faça o que você gosta: transforme isso em seu trabalho.

5 – Conviva com sua família: a presença da família proporciona motivo para viver.

6 – Aprenda que as adversidades também fazem parte da vida.

7 – Sinta o amor de outra pessoa: ele melhora a saúde e alonga a vida.

8 – Aceite as coisas que acontecem: elas seguem o seu curso natural.

9 – Faça exercícios com regularidade.

10 – Não encha o estômago até fartar-se.

Felizes aniversários! 😉

Temas deste artigo:
familiaidososlongevidade
Boletim
Receba Aleteia todo dia