Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Segunda-feira 27 Setembro |
São Caio de Milão
home iconReligião
line break icon

Os cristãos acreditam na reencarnação?

© Himalayan Academy Publications, Kapaa, Kauai, Hawaii

Luis Santamaría - publicado em 04/02/13

Falamos pouco da vida após a morte, e talvez por isso muitos cristãos buscam respostas em tradições incompatíveis com o Evangelho, sem perceber o conflito que criam com a sua fé. Uma delas é a reencarnação. Mas um verdadeiro cristão acredita nela?

A reencarnação é um conceito procedente da espiritualidade oriental e afirma que o espírito deve se separar do corpo material em que reside.

Ainda que haja muitas variações sobre a crença na reencarnação, podemos defini-la como a "doutrina segundo a qual a alma do homem passa por diversos corpos até que se liberta de todo vínculo com a matéria". A reencarnação é uma crença vinda do Oriente, difundida nos ambientes da Nova Era com alguns retoques de ocidentalização que a deixaram famosa, inclusive entre cristãos que se afastaram da própria fé. Esta concepção parte do pressuposto de que as almas, depois da morte, se reencarnam em outro corpo e voltam a esta vida para pagar por atos que fizeram no passado (hinduísmo) ou para aperfeiçoar-se vida após vida (espiritismo).

A versão que mais se difunde no Ocidente, graças à literatura espírita e gnóstica, é muito mais sedutora, porque deixa de lado os aspectos mais duros e negativos (castigos nas vidas posteriores) para se centrar em um âmbito egocêntrico de autorrealização, maturidade espiritual, evolução e acúmulo de experiências. E nas versões mais "psicologistas" (S. Grof, T. Dethlefsen, B. Weiss), todos os males da vida seriam explicados facilmente como consequências de problemas nas vidas passadas.

Não há dúvida de que as doutrinas reencarnacionistas pretendem dar uma resposta a problemas existenciais como a origem do mal, o porquê do sofrimento, a existência de desigualdades, o sentido da justiça muito além da morte etc., mas negam o amor de Deus, a salvação, o perdão divino, e não assumem o livre arbítrio, e sim um destino fatal movido por uma lei implacável, segundo a qual cada um só depende de si mesmo.

Atualmente, há muita confusão e desconhecimento devido à avalanche de livros de autoajuda, filmes, novelas e séries televisivas que difundem doutrinas desse tipo como se fossem evidências científicas. Alguns autores, promotores do espiritismo, da metafísica esotérica e da autoajuda divulgam falsas ideias sobre o tema.

É compreensível que, se a pessoa é budista ou adere às crenças do hinduísmo, por ser coerente com a própria doutrina, acredite na reencarnação – assim como deveria ser óbvio que um cristão acredite na ressurreição e não na reencarnação.

O problema é que muitos cristãos que desconhecem em profundidade sua própria fé assumiram uma série de doutrinas estranhas à sua fé como conciliáveis com ela. Foram influenciados culturalmente pelas crenças espíritas, teosóficas, antroposóficas, esotéricas e gnósticas, especialmente as promovidas pela literatura da Nova Era. A crença na reencarnação, em sua versão ocidental, também é assumida e difundida pelos movimentos contactistas, que pregam o contato extraterrestre.

Esta crença é contrária à doutrina e à tradição cristãs e totalmente incompatível com a fé na Ressurreição, testemunhada na Bíblia, e com a fé em Jesus Cristo como Salvador.

A fé judaico-cristã revela o ser humano como um ser único e exclusivo, testemunha a ressurreição e mostra que as pessoas, quando morrem, vão ao encontro do Senhor; ninguém se reencarna em outro corpo nem fica vagando como um espírito pelo mundo (ou em outros planetas), como acreditam os espíritas.

Para a fé cristã, o ser humano tem uma identidade única em corpo e alma, e não há carma, já que existe o perdão de um Deus que salva. O próprio Jesus diz ao ladrão na cruz: "Hoje mesmo estarás comigo no Paraíso" (Lc 23, 29) – aqui encontramos um ladrão sem carmas e reencarnações que chega ao céu definitivo.

Acreditar no amor infinito de um Deus que salva e perdoa não admite a solidão de estar nas mãos de uma lei fria e universal de causa e efeito. Além disso, para uma antropologia cristã, a reencarnação banaliza a morte, o corpo e a própria identidade, tornando-as meras realidades acidentais.

  • 1
  • 2
  • 3
Tags:
CéuIgrejaMorteSeitas
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
Vulcão Cumbre Vieja
Violeta Tejera
Vulcão Cumbre Vieja obriga pároco a evacuar capela às pressas
2
Maria Paola Daud
O dia em que Nossa Senhora parou a lava do vulcão Etna
3
Claudio de Castro
O Purgatório e o misterioso alarme das 3 da manhã
4
Oração católica para pedir chuva
Reportagem local
Existe oração católica para pedir chuva? Sim, e aqui vai ela
5
Gelsomino Del Guercio
Padre Pio tinha os estigmas, mas uma ferida secreta era mais dolo...
6
Padre Pio
Maria Paola Daud
3 orações a Padre Pio para pedir por uma causa urgente
7
Santa Missa
Reportagem local
Quanto tempo devemos chegar antes da Missa?
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia