Aleteia
Quinta-feira 22 Outubro |
São Moderano
Atualidade

Reações à renúncia de Bento XVI revelam surpresa

Aleteia Vaticano - publicado em 11/02/13

“Um relâmpago num céu sereno”, disse Dom Angelo Sodano, decano dos cardeais

“Um relâmpago num céu sereno”. A frase do decano do colégio cardinalício, cardeal Angelo Sodano, é talvez a que melhor resume a reação geral ao anúncio do Papa Bento XVI de renunciar ao seu ministério a partir de 28 de fevereiro.

Só o irmão do Papa, Georg Ratzinger, estava a par da decisão. “Eu sabia”, disse Georg ao jornal alemão Die Welt: “meu irmão deseja mais tranquilidade em sua velhice” (Ansa).

“Mas sua missão continuará – prosseguiu o cardeal Sodano –. Ele disse que estará sempre próximo de nós com seu testemunho e com sua oração. Certamente, as estrelas no céu continuarão brilhando, e assim brilhará entre nós a estrela de seu pontificado”.

“A declaração do Papa – explicou o padre Federico Lombardi, diretor da Sala de Imprensa vaticana – é coerente com o que o Papa tinha declarado no livro-entrevista “Luz do mundo”, em que há duas perguntas precisas que se referem à hipótese da demissão.

Em uma resposta, Bento XVI afirma que o papa teria direito de renunciar, e até mesmo deveria renunciar, quando tivesse clara consciência de não ser capaz física, mental e espiritualmente de desempenhar o cargo a ele confiado. 

A notícia da renúncia imediatamente rodou o mundo.

A chanceler alemã Angela Merkel expressou sua “gratidão e respeito” pelo pontificado do Papa alemão. 

O presidente da Itália, Giorgio Napolitano, enviou “um grande alento” e manifestou seu “grandíssimo respeito”.

O presidente do Parlamento Europeu, Martin Schulz, expressou seu “respeito a um Papa que, apesar de todas as dificuldades da Igreja, deu esperança ao seu povo”.

O cardeal-patriarca de Lisboa, Dom José Policarpo, disse à Renascença que “este foi um ato extraordinariamente corajoso que vai introduzir na Igreja um ritmo novo” (cf. Agência Ecclesia, 11 de fevereiro).

Em nota oficial, a CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil), dirigida pelo cardeal Raymundo Damasceno Assis, afirma: “acolhemos com amor filial as razões apresentadas por Sua Santidade, sinal de sua humildade e grandeza, que caracterizaram os oito anos de seu pontificado” (cf. CNBB, 11 de fevereiro).

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
CARLO ACUTIS
John Burger
Como foram os últimos dias de vida de Carlo A...
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
nuvens sinais
Reportagem local
Estão sendo fotografados "sinais do céu"?
Papa Francisco São José Menino Jesus
ACI Digital
Papa Francisco reza esta oração a São José há...
violência contra padres no Brasil
Francisco Vêneto
Outubro de cruz para padres no Brasil: um per...
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia