Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

Sexo antes do casamento é errado? Sério? Ainda?

Compartilhar

Sexo nunca é "apenas sexo", mas um ato de toda a pessoa

Uma das melhores explicações sobre por que o sexo só é apropriado dentro do casamento se encontra em "Teologia do corpo", de João Paulo II, as 129 catequeses que proferiu em público às quartas-feiras, entre 1979 e 1984.
 
Explicando sexo em termos da natureza da pessoa humana (porque, realmente, que outra abordagem faria sentido?), ele dá o contexto para a moralidade sexual primeiramente mostrando que há um significado esponsal do corpo – um significado que aponta para além do corpo, para a relação entre o homem e a mulher em sua personalidade integral.
 
O ato sexual não é apenas físico, mas envolve toda a pessoa, que tem uma dignidade e valor especiais como pessoa humana. No entanto, contrário à dignidade humana, o sexo antes do casamento reduz a pessoa humana a um objeto de uso em vez de ser um ato de acordo com o valor da pessoa. Mas como assim?
 
O corpo tem um significado esponsal, do qual a relação sexual é a mais completa expressão – o sinal de um compromisso total feito entre duas pessoas, e feito para todo o seu ser, não algo temporário, feito para os seus corpos somente. O único compromisso total suficiente para tornar o ato sexual de acordo com a dignidade da pessoa humana é o compromisso do casamento – um compromisso selado com um juramento.
 
Fidelidade conjugal é um "bem que só pode ser convenientemente realizado na relação exclusiva entre os dois (isto é, na relação conjugal entre um homem e uma mulher)" (João Paulo II, audiência geral de 27 de agosto de 1980). Se este compromisso não está presente, qual é o significado do sexo?
 
Sem o vínculo conjugal, um casal está vivendo uma mentira com seus corpos – de certa forma, os dois estão fingindo que estão totalmente comprometidos um com o outro, quando, na realidade, reduziram o outro às dimensões utilitárias. Esta redução está enraizada em uma compreensão insuficiente do significado de uma pessoa humana, que nega a totalidade de sua identidade como uma obra da criação que consiste tanto em um corpo natural como em uma alma sobrenatural.
São leitores como você que contribuem para a missão da Aleteia

Desde o início de nossas atividades, em 2012, o número de leitores da Aleteia cresceu rapidamente em todo o mundo. Estamos comprometidos com a missão de fornecer artigos que enriquecem, informam e inspiram a vida católica. Por isso queremos que nossos artigos sejam acessados por todos. Mas, para isso, precisamos da sua ajuda. O jornalismo de qualidade tem um custo (maior do que o que a propaganda consegue cobrir). Leitores como você podem fazer uma grande diferença, doando apenas $ 3 por mês.