Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.
Newsletter Aleteia: uma seleção de conteúdos para uma vida plena e com valor. Cadastre-se e receba nosso boletim direto em seu email.
Registrar

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

Joseph Ratzinger voltará a ser cardeal? (5)

Compartilhar

Mais perguntas sobre a renúncia de Bento XVI

Que importância terão os textos que Ratzinger escrever depois da sua renúncia como Papa?
 
Os eventuais escritos de Joseph Ratzinger, após sua renúncia como bispo de Roma, terão caráter pessoal, como acontece, por exemplo, com os bispos eméritos das diversas dioceses espalhadas pelo mundo.
 
Joseph Ratzinger poderia um dia voltar a residir na Alemanha?
 
Não existem impedimentos jurídicos para que Bento XVI, depois de ter renunciado ao ministério petrino, possa viver em seu país natal, Alemanha, ou em outras partes do mundo. Ele, no entanto, considerou como decisão mais adequada residir no Vaticano. Esta é uma escolha sua. Mas isso não significa que o Papa esteja confinado a permanecer dentro dos muros vaticanos. Não existem impedimentos para que o bispo emérito de Roma possa visitar seu país ou outros países.
 
Ele fará parte do colégio cardinalício?
 
O cardeal Francesco Coccopalmerio, presidente do Conselho Pontifício para os Textos Legislativos, explicou ao jornal italiano Corriere della Sera (22 de fevereiro de 2013) que, após a renúncia, Bento XVI não voltará a ser cardeal.
 
"Os cardeais são as pessoas que têm o dever e o direito de eleger o Papa; não faria sentido", esclareceu o purpurado, que é um grande canonista.
 
Qual será o título de Bento XVI após sua renúncia?
 
O próprio cardeal Coccopalmerio explicou ao jornal italiano que, "seguindo a analogia dos demais bispos no final do seu ministério, que são chamados de 'bispos eméritos', acho que podemos dizer que o Papa que renunciou é, por sua vez, bispo emérito de Roma. Certamente, seu título poderá continuar sendo o de 'Sua Santidade Bento XVI'".
Boletim
Receba Aleteia todo dia