Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.
Receba diretamente no seu email os artigos da Aleteia.
Cadastrar-se

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

Ele continuará se chamando “Sua Santidade Bento XVI”

Compartilhar

Ratzinger terá o título de “Papa emérito” depois de 28 de fevereiro

A partir das 20h do dia 28 de fevereiro (16h no Brasil), Joseph Ratzinger será chamado de "Papa emérito", "Pontífice Romano emérito" ou "Sua Santidade Bento XVI". Esta foi a informação oferecida hoje pelo porta-voz vaticano, Pe. Federico Lombardi, em um encontro com os jornalistas. Segundo explicou aos presentes, "foi o próprio Papa quem mostrou a vontade de chamar-se assim".
 
Como Papa emérito, Bento XVI deixará de usar o anel do Pescador, símbolo do pontificado que, como é tradição quando um papa morre, será destruído junto com o selo que o Papa usa para os documentos oficiais. Ratzinger continuará se vestindo de branco, mas sem a capa sobre os ombros; e não usará mais sapatos vermelhos, e sim sapatos marrons simples.
 
A respeito disso, o Pe. Lombardi contou uma curiosidade sobre o Papa, quem, segundo o porta-voz, "gostou muito dos sapatos que lhe deram no ano passado em León, México, pois os achou muito confortáveis".
 
O último ato público do Papa Bento XVI será "a saudação aos fiéis da diocese de Albano, na residência de Castel Gandolfo", às 17h30 (13h30 no Brasil) do dia 28 de fevereiro, pouco depois de sua chegada à casa de verão habitual dos pontífices.
 
Às 20h da quinta-feira, com o cessar das suas prerrogativas como cabeça da Igreja Católica, haverá uma "troca de guarda" simbólica: a Guarda Suíça deixará o serviço à porta do Palácio Apostólico de Castel Gandolfo e será substituída pela Gendarmaria vaticana, que será a encarregada de cuidar da segurança do Papa emérito a partir do dia 28.
Boletim
Receba Aleteia todo dia