Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Sábado 31 Outubro |
Beato Domingos Collins
home iconAtualidade
line break icon

No topo da lista dos africanos: o cardeal Peter Turkson

©EMANUELA DE MEO/CPP

Aleteia Vaticano - publicado em 12/03/13

Sua eleição significaria um movimento revolucionário do centro de gravidade eclesial

No último conclave, o principal pretendente africano era o cardeal nigeriano Francis Arinze. Agora com 80 anos, é idoso demais para ser levado em consideração, o que torna o cardeal de Gana, Peter Turkson, o candidato mais papável.


Peter Kodow Appiah Turkson tem 64 anos. Nasceu em Gana Ocidental, de uma mãe metodista que vendia verduras no mercado local e de um pai católico que trabalhava como carpinteiro.


Depois de se formar no seminário local, prosseguiu os estudos no Seminário de Nova Iorque e no Instituto Bíblico de Roma. Tornou-se arcebispo de Cape Coast (Gana) em 1992 e depois o nomearam presidente da Conferência Episcopal nacional, por meio da qual teve um papel ativo no Simpósio das Conferências Episcopais da África e de Madagascar. Foi nomeado cardeal pelo Papa João Paulo II em 2003.


Em 2009, foi eleito para guiar o Sínodo dos Bispos da África e, no final do evento, foi nomeado presidente do Conselho Pontifício "Justiça e Paz". Dentro da cúria romana, é também membro da Congregação para a Evangelização dos Povos, da Congregação para o Culto Divino e a Disciplina dos Sacramentos, do Conselho Pontifício para a Promoção da Unidade dos Cristãos e da Comissão Pontifícia para os Bens Culturais da Igreja. Além disso, faz parte do Comitê para os Congressos Eucarísticos, da Congregação para a Educação Católica e da Congregação para a Doutrina da Fé.


O cardeal Turkson foi descrito pelo jornal londrino "The Tablet" como um dos mais enérgicos líderes católicos africanos. É um homem cativante, de gestos francos e com um grande senso de humor. Comunicador habilidoso e aberto com a mídia, chegou ao ponto de ser acusado de ter realizado uma campanha para o pontificado, simplesmente por mencionar o tema a um jornalista durante uma entrevista.


Turkson tem uma sólida formação no governo diocesano e ganhou muita experiência na cúria durante seu tempo em Roma. Não provocou escândalos e tem uma forte posição conservadora sobre as questões doutrinais e morais, que defende com inteligência, clareza e bom humor.


Como seria o pontificado de Turkson? Em primeiro lugar – e isso é muito importante –, ele deslocaria o centro da atenção eclesial da Europa para o mundo subdesenvolvido. A atenção deixaria de estar concentrada nas obsessões ocidentais, como os escândalos sexuais, os problemas financeiros e os conflitos internos do Vaticano. Se, com João Paulo II, o mundo olhava para a Polônia e para a Europa Oriental, os católicos agora começariam a prestar atenção nas necessidades e forças da África e dos países em desenvolvimento.


Ao mesmo tempo, um papado do cardeal Turkson seria uma surpresa para todos os que criticam a Igreja na mídia ocidental. Os que se encontram sem um "centro" poderiam sentir-se atraídos instintivamente pela ideia de um papa africano, mas ficariam consternados ao descobrir seus fortes laços com os valores católicos ortodoxos.


Turkson daria à Igreja um novo rosto e uma nova mensagem, recordando ao mundo que as preocupações do continente africano são as dos jovens e, portanto, as do mundo de amanhã. Olhando para o futuro, Turkson sustentaria firmemente as posições da Igreja sobre a moral e a doutrina sexual.


Existe também a possibilidade de que ele ofereça uma dimensão fresca e vivaz à adoração litúrgica, importando, ou pelo menos permitindo, os dinâmicos estilos africanos de adoração, pregação e louvor, para que encontrem seu lugar nas principais correntes. Além disso, ele desafiaria as ideias econômicas do mundo desenvolvido.


Por tudo isso, Turkson é considerado por alguns como economicamente de esquerda. Em 2011, seu Conselho difundiu um documento chamado "Para uma reforma do sistema financeiro internacional na perspectiva de uma autoridade pública de competência universal", que defendeu uma verdadeira autoridade política mundial para regular uma economia globalizada. Para os conservadores que desconfiam de um único governo mundial e de um único sistema econômico global, a sugestão é estranha e alarmante.


Finalmente, com um tio muçulmano e o conflito entre o islã e o cristianismo sempre em efervescência na África, Turkson daria prioridade ao problema africano com relação aos demais problemas da Igreja.


Um papa africano como o cardeal Turkson significaria um movimento revolucionário do centro de gravidade eclesial. Seria um pontificado de juventude, dinamismo e esperança, e de volta aos princípios e prioridades fundamentais da Igreja: a proclamação do Evangelho a um mundo necessitado.


Ironicamente, um papa africano poderia fazer mais pela Nova Evangelização da Europa e da América do Norte que um papa proveniente do mundo desenvolvido. A dramática mudança, no âmbito da conscientização e da renovação das prioridades, poderia despertar o mundo ocidental, farto de materialismo, confundido pelo relativismo e desesperado em sua decadência e autorreferência.


Uma eleição desse tipo significaria, para os cardeais eleitores, assumir um grande risco e dar ao mundo uma surpresa enorme, mas, se a história do pontificado nos ensinou alguma coisa, é que é uma instituição repleta de surpresas.

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Tags:
ConclavePapa
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
Brasileira Simone Barreto Silva é vítima de ataque terrorista na catedral de Nice
Reportagem local
Brasileira é vítima no ataque terrorista na c...
Reportagem local
França: atentado na basílica de Notre Dame em...
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
Pe. Robson de Oliveira
Francisco Vêneto
Defesa desmente Fantástico, da TV Globo, em n...
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
Reportagem local
Corpo incorrupto de Santa Bernadette: o que o...
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia