Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.
Receba diretamente no seu email os artigos da Aleteia.
Cadastrar-se

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

Papa: Igreja burocrática, que parece ONG, perde sua substância

EPA/Osservatore Romano
Compartilhar

Na homilia da missa que celebrou na Casa Santa Marta, Papa Francisco afirmou que a Igreja cresce de baixo, lentamente, e é uma história de amor

Um Igreja burocrática, com muitos escritórios e organizações, perde a sua principal substância e corre o risco de se transformar numa ONG, afirmou o Papa Francisco nesta quarta-feira, na homilia da missa que celebrou na Casa Santa Marta.

 

O caminho que Jesus quis para a sua Igreja foi o “das dificuldades, da Cruz, o caminho das perseguições… E isso nos pensar: mas o que é esta Igreja? Pois não parece uma iniciativa humana”, disse.

 

A Igreja começa no coração do Pai – afirmou Francisco –, “que teve esta ideia … não sei se trata propriamente de uma ideia: o Pai teve amor”.

 

“Nós, mulheres e homens de Igreja, estamos em meio a uma história de amor: cada um de nós é um anel nesta cadeia de amor. E se não entendemos isso, não entendemos nada do que seja a Igreja.” 

 

“A Igreja não cresce com a força humana; alguns cristãos erraram por razões históricas, fizeram exércitos, guerras de religião: isso é outra história, que não é esta história de amor. Jesus disse que a Igreja cresce simplesmente como a semente de mostarda, cresce como fermento na farinha, sem alarde”, afirmou o Papa Francisco, que enfatizou que a Igreja cresce “de baixo, lentamente”.

 

“E quando a Igreja quer se vangloriar da sua quantidade e cria organizações, escritórios e se torna um pouco burocrática, a Igreja perde a sua principal substância, e corre o perigo de se transformar numa organização não-governamental, numa ONG.”

 

“E a Igreja não é uma ONG. É uma história de amor … Os escritórios são necessários, mas até um certo ponto: o importante é como ajudo esta história de amor. Mas quando a organização fica em primeiro lugar, o amor desaparece e a Igreja, coitada, se torna uma ONG. E este não é o caminho”, disse o Papa.

 

Com informações da Rádio Vaticano

Boletim
Receba Aleteia todo dia
São leitores como você que contribuem para a missão da Aleteia

Desde o início de nossas atividades, em 2012, o número de leitores da Aleteia cresceu rapidamente em todo o mundo. Estamos comprometidos com a missão de fornecer artigos que enriquecem, informam e inspiram a vida católica. Por isso queremos que nossos artigos sejam acessados por todos. Mas, para isso, precisamos da sua ajuda. O jornalismo de qualidade tem um custo (maior do que o que a propaganda consegue cobrir). Leitores como você podem fazer uma grande diferença, doando apenas $ 3 por mês.