Aleteia logoAleteia logoAleteia
Segunda-feira 28 Novembro |
Santos Papiniano e Mansueto, bispos de Vita e Urúsi 
Aleteia logo
Estilo de vida
separateurCreated with Sketch.

Mais um sucesso das células-tronco adultas: da placenta ao fígado

2xvxnaisverdk6uzfiigqkud7oqsodlwdzt4qsk7vqz4jd-lfiqrlno1mquvbp8eavevtjqhhigoycvvbetbaj5lawyctw.jpg

Patricia Navas González - publicado em 30/04/13

Pesquisadores espanhóis conseguem dar esperança a pessoas que aguardam por um transplante

Células-tronco adultas da placenta (geralmente descartada após o parto) podem se transformar em células do fígado para regenerar este órgão, segundo um trabalho realizado no Hospital 12 de Outubro de Madri e publicado na revista Cytotherapy, da Sociedade Internacional de Terapia Celular.

O presidente da Federação Internacional de Associações Médicas Católicas, José María Simón, avaliou como muito positiva a possibilidade de aproveitar as placentas para obter células-tronco ou outros materiais.

Segundo Simón, além deste caso, "a Medicina está a ponto de encontrar a maneira de reprogramar muitíssimas células". Neste processo, recordou, atualmente as células embrionárias, além dos questionamentos éticos que suscitam, "não servem e só causam problemas".

Segundo explicou, as células-tronco que realmente funcionam são as pluripotentes induzidas (iPS). "Quando conseguirem controlar o tema do genoma, saberemos exatamente o que será melhor para cada paciente".

A equipe de medicina regenerativa do Hospital 12 de Outubro conseguiu esta transformação das células-tronco da placenta cultivando-as in vitro em um meio com proteínas presentes de maneira natural no fígado.

As células transformadas formaram uma estrutura parecida com a de um fígado de apenas meio centímetro de espessura, que inclusive produz albumina, como um fígado funcional.

Os pesquisadores acreditam que, no futuro, será possível evitar transplantes hepáticos e melhorar as condições de pacientes já transplantados, bem como de pessoas que estão na lista de espera para receber um fígado.

A mesma equipe está pesquisando se as células mesenquimais (que dão origem a diversos tipos de tecido) da placenta podem ajudar a tratar outras doenças.

De fato, já demonstraram que podem retardar o crescimento de um tumor de mama e evitar ou retardar o surgimento de metástases, como mostrou na revista Cancer Gene Therapy.

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Oração do dia
Festividade do dia





Envie suas intenções de oração à nossa rede de mosteiros


Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia