Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.
Receba diretamente no seu email os artigos da Aleteia.
Cadastrar-se

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

Papa: quem fica se lamentando não pode ser um bom cristão

© Alberto PIZZOLI / AFP


Papa Francisco abençoa peregrino



 
Compartilhar

O silêncio de suportar a cruz não é triste, pode ser muito doloroso, mas não triste, pois o coração está em paz, afirmou Francisco em homilia hoje

Mesmo em meio às dificuldades, o cristão nunca está triste, porque testemunha sempre a alegria de Cristo.

 

Foi o que afirmou o Papa Francisco em homilia hoje da missa na Casa Santa Marta.

 

O Papa explicou que a atitude de suportar não tem nada a ver com algo masoquista, mas conduz ao caminho de Jesus.

 

“Quando chegam as dificuldades, chegam também as tentações. Por exemplo, o lamento: ‘veja o que está acontecendo comigo’… um lamento. Um cristão que fica constantemente se lamentando não pode ser um bom cristão”, disse Francisco.

 

“O silêncio no suportar, o silêncio na paciência. Esse silêncio de Jesus: na Paixão ele não falou demais, apenas disse duas ou três palavras necessárias…”

 

Mas tampouco – continuou o Papa – Jesus fez um silêncio triste: “o silêncio de suportar a cruz não é um silêncio triste. É doloroso, às vezes muito doloroso, mas não é triste. O coração está em paz.”

 

Segundo o Papa, quem aprende a suportar com paciência, inspirado na conduta de Jesus, sem lamentos, acaba rejuvenescendo. “Este caminhar com paciência renova nossa juventude e nos torna mais jovens”, disse Francisco.

 

Com Rádio Vaticano

Boletim
Receba Aleteia todo dia