Aleteia
Segunda-feira 26 Outubro |
São Fulco
Religião

Qualidade de vida (cristã)

Aleteia Vaticano - publicado em 08/05/13

Artigo do cardeal Odilo Scherer

Cardeal Odilo Pedro Scherer

Arcebispo de São Paulo

“Qualidade de vida” é um conceito usado com frequência na linguagem corrente; nem sempre a sua compreensão é unívoca e coerente, mas, geralmente, faz referência à satisfação das necessidades básicas da vida e dos direitos fundamentais das pessoas.

Levar a vida “com qualidade” inclui, entre outras coisas, ter habitação, alimentação, saúde, educação, conforto e ganhos econômicos suficientes para uma vida confortável; ter esses quesitos, ou parte deles, em condições sofríveis, significa ter “baixa qualidade de vida”. Boa parte da população da nossa cidade e do Brasil ainda tem baixa qualidade de vida e enfrenta enormes dificuldades para ver a vida melhorar. Essa é uma aspiração justa.

Usemos, por analogia, o mesmo conceito para a dimensão religiosa, em que as coisas são parecidas. Boa qualidade de vida cristã e católica significa, certamente, uma fé firme, bem fundamentada e esclarecida, com boas oportunidades para nutrir essa fé e para expressá-la no testemunho do dia a dia. A boa qualidade de vida cristã inclui a participação na missa dominical e a recepção regular dos sacramentos, a leitura da Palavra de Deus, a oração diária, a prática das virtudes humanas e cristãs, o empenho social na prática do bem e o esforço na transmissão da fé, contribuindo nisso com a Igreja inteira.

Outras questões ainda poderiam ser mencionadas como elementos de uma vida religiosa e cristã “com qualidade”. São os santos que levaram e levam a vida cristã mais elevada. Por isso, seu exemplo e testemunho nos estimulam a crescer na qualidade de vida cristã. A Igreja nos convida a olhar para eles e a imitar seus exemplos. Com eles, aprendemos a conhecer melhor a Deus e a trilhar seus caminhos.

A baixa qualidade de vida cristã é marcada pela carência dos elementos acima indicados; mais que carência, muitas vezes, também se trata do seu contrário: falta de fé, ignorância religiosa, pecado, vícios, distanciamento da Igreja, desleixo em cultivar e em expressar a fé. Muitas vezes, isso acontece porque as pessoas não têm acesso aos meios e às condições para cultivarem melhor a sua vida cristã e isso interpela a missão da Igreja e daqueles que a representam e são dela pastores e servidores. Outras vezes, porque as pessoas são pouco estimuladas e ajudadas a melhorar sua qualidade de vida religiosa. E quem tem pouca qualidade de vida na fé acaba não produzindo os frutos de vida cristã, dá testemunho pouco edificante ou até abandona a fé.

No Evangelho, Jesus usa várias comparações e parábolas para qualificar aquilo que, hoje, podemos qualificar como baixa qualidade de vida religiosa e cristã: é como um campo onde a erva ruim sufoca o trigo bom; é como a figueira estéril, sem frutos; é como o empregado preguiçoso, que não pôs a render o patrimônio que lhe foi confiado; é ser como o sal que perdeu a sua força, ou como sepulcros brancos e belos por fora, mas por dentro… Tantos outros ainda são os ensinamentos do Mestre em relação a uma fé mal vivida ou até negada.

O Ano da Fé leva a nos perguntarmos sobre a qualidade de vida na nossa Igreja. Deus conhece os corações e as intenções de cada um, e não cabe a nós fazer julgamentos sobre as pessoas, como só a Deus compete. Mas, se olhamos as coisas de maneira objetiva, precisamos confrontar-nos com uma difusa superficialidade religiosa e com uma qualidade de vida cristã preocupante; a começar do que é oferecido ao povo, como alimento e estímulo para o cultivo da fé e da vida cristã. Em nossas paróquias, organizações eclesiais e pastorais, os fiéis têm o direito ao alimento sólido e abundante para sua fé e às orientações necessárias para viver com frutos essa mesma fé.

Neste Ano da Fé, temos um “ano da graça do Senhor” a nos estimular para uma experiência renovada na fé e a um crescimento na vida cristã. E a Jornada Mundial da Juventude do Rio de Janeiro, em julho próximo, é uma ocasião única para que os jovens façam essa mesma experiência da fé e da vida eclesial. Temos muito para fazer para que a “vinha do Senhor” produza os frutos esperados… Deus nos quer fortes na fé, operosos na caridade e alegres na esperança. E isso se expressa por uma alta qualidade de vida cristã.

Artigo publicado na edição de 07/04/2013 do jornal O SÃO PAULO

@DomOdiloScherer

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Tags:
qualidade de vida
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
Papa Francisco
Francisco Vêneto
Papa Francisco e casais homossexuais: o que e...
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
SAINT MICHAEL
Philip Kosloski
Oração a São Miguel por proteção contra inimi...
Rosário
Philip Kosloski
Benefícios do Rosário: 3 virtudes que aprende...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia