Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.
Cadastre-se e receba Aleteia diretamente em seu email. É de graça.
Receber

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

Papa Francisco: o egoísta se torna traidor, e está sempre só

© CPP
Papa Francisco
Compartilhar

Em homilia na Casa Santa Marta, o Papa pediu que os católicos sejam generosos na doação da sua vida, nunca se fechando no egoísmo que causa tanto dano

O Papa Francisco afirmou nesta terça-feira que as pessoas egoístas tornam-se traidoras e acabam ficando sozinhas.

 

Ele comentou a passagem evangélica em que Madalena lava os pés de Jesus com precioso perfume.

 

Segundo o Papa, este “é um momento religioso, um momento de gratidão, um momento de amor”.

 

Mas Judas se “afasta e critica amargamente: ‘Mas isso poderia ser usado para os pobres!’. Esta é a primeira referência que eu encontrei no Evangelho da pobreza como ideologia. O ideólogo não sabe o que é o amor, porque não sabe doar-se”.

 

O Papa Francisco afirmou que aquele que ama “dá a vida como dom”. Já o egoísta, pelo contrário, “cuida da sua vida, cresce neste egoísmo e se torna um traidor, mas sempre só”.

 

Quem “dá a vida por amor, jamais está só: está sempre em comunidade, em família”. Quem “isola a sua consciência no egoísmo”, no final “a perde”. Foi o que aconteceu com Judas, que “era um idólatra, afeiçoado ao dinheiro”, disse Francisco.

 

Com Rádio Vaticano

Boletim
Receba Aleteia todo dia