Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Domingo 18 Abril |
São Galdino
home iconReligião
line break icon

A grande prostituta nua

Aleteia Vaticano - publicado em 17/05/13

Um livro sobre os mitos mais comuns sobre a história da Igreja Católica

Mãe de todas as inquisições, inimiga das ciências, opressora das mulheres, a Igreja quer que os fiéis sofram, os protestantes são mais modernos, o ódio ao sexo: estes são alguns dos dez capítulos que compõem o livro "A grande prostituta. Um decálogo dos mitos mais comuns sobre a história da Igreja", organizado por Lucetta Scaraffia, já disponível na Livraria Editora Vaticana.

As autoras dos dez ensaios da obra são sete mulheres, "todas historiadoras, mas nem todas católicas", explica Scaraffia na apresentação. São elas: Sylvie Barnay, Cristiana Dobner, Anna Foa, Giulia Galeotti, Sandra Isetta, Margherita Pelaja e a própria Lucetta Scaraffia.

Seu objetivo é esclarecer, do ponto de vista histórico, alguns dos estereótipos mais difundidos sobre a história da Igreja, não com um intuito apologético, mas histórico, de retificação dos mitos comuns que hoje parecem ter substituído a realidade, no que diz respeito à história da Igreja e, portanto, que contribuíram para deformar a sua identidade pública.

A organizadora explica que o título da obra, "A grande prostituta", se refere "à forma injuriosa com a qual os críticos à Igreja se referem a ela há séculos".

Entre os temas tratados no livro, encontra-se a Inquisição, abordado pela historiadora hebreia Anna Foa, que em outro ensaio fala sobre o antissemitismo; o matrimônio cristão é apresentado por Margherita Pelaja; o celibato eclesiástico, por L. Scarafiia, que depois explora também o tema do protestantismo; a questão da Igreja e as mulheres, bem como a relação entre ciência e fé são abordadas por Giulia Galeotti; o tópicos do sofrimento e da dor são assinados por Cristiana Dobner.

Referindo-se a numerosos livros polêmicos que circulam contra o Vaticano, a historiadora revela que, "nestes textos, multiplicam-se erros e referências históricas equivocadas, que tratam de lugares comuns, inventados, verdades petrificadas, fundadas em informações errôneas. São aspectos tão difundidos e indiscutíveis, que quem os recebe nem sequer os questiona; e quem lê, aceita, 'porque todos sabem que é verdade', supostamente".

O trabalho que as sete historiadoras desenvolveram pretende, no entanto, acabar com as opiniões que se fundam em preconceitos, "porque pensamos que seria melhor para todos que o debate sobre os fatos ocorridos e sobre a tradição teórica da Igreja Católica se desenvolvessem partindo de um conhecimento compartilhado da verdade histórica".

A organizadora da obra conclui: "Assim, se limparia este espaço de polêmicas e de acusações sem base e se daria a possibilidade de medir efetivamente as ideias e os valores contrapostos em um clima de diálogo e de conhecimento recíproco".

Tags:
Igreja Católica
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
KRZYŻYK NA CZOLE
Beatriz Camargo
60 nomes de bebês que carregam mensagens poderosas
2
MIGRANT
Jesús V. Picón
O menino perdido no deserto nos convida a refletir
3
Ordenação sacerdotal
Francisco Vêneto
Ex-testemunha de Jeová será ordenado padre católico aos 25 anos
4
Pe. Zezinho
Reportagem local
Não desprezem o templo nem posem de católicos avançados, alerta o...
5
MARY, CRUSH, SNAKE
Desde la Fe
10 poderosas armas para lutar contra o demônio
6
SPANISH FLU
Bret Thoman, OFS
Como o Padre Pio encarou a pandemia de gripe espanhola
7
Reportagem local
Hoje celebramos Santa Bernadette, a menina que viu Nossa Senhora ...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia