Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Sexta-feira 22 Janeiro |
São Vicente Pallotti
home iconEstilo de vida
line break icon

Os divorciados são mais pecadores?

David Medrano - publicado em 24/05/13

Dom Paglia considera que a Igreja deve oferecer-lhes uma atenção especial

O presidente do Conselho Pontifício para a Família, Dom Vicenzo Paglia, convidou os padres a dar uma atenção especial aos divorciados, pois eles têm problemas maiores, já que a ruptura de um matrimônio é sempre um fracasso e afeta os filhos.

Por este motivo, considera que a Igreja deve ajudar estes irmãos e irmãs com mais empenho. Da mesma maneira, "nunca mais devem ser considerados como pecadores, porque todos nós o somos".

A mensagem da Igreja "não é contra ninguém", disse o prelado, na Universidade Católica da Argentina, onde apresentou a "Carta dos Direitos da Família".

O problema é cultural. Dom Paglia afirma que a família é o mais importante sujeito produtivo, mas não é considerada em seus direitos fiscais; não recebe isenções nem apoios. Para ele, falar da sociedade atual sem a família formada por pai, mãe e filhos é uma loucura.

Neste sentido, lamentou a institucionalização das famílias monoparentais. Além disso, dentro de alguns anos, "haverá tantos filhos únicos, que já não se compreenderá qual é o significado da palavra 'irmão' ou 'irmã'", advertiu.

Dom Paglia recordou aos jovens que "a crise do individualismo está envenenando a sociedade" e que "a ditadura do individualismo busca destruir a família".

É por isso que a família deve estar no centro da pastoral da Igreja, da política, da economia e da cultura. Portanto, as famílias devem receber mais atenção, apoio e ajuda por parte dos governos.

O bispo falou aos jovens sobre a beleza do matrimônio. Recordou que, hoje em dia, é mais fácil usar o "para sempre" referindo-se a um time de futebol que a uma esposa, por exemplo, porque já não confiamos em ninguém.

A família, segundo o prelado, "é um afeto sólido, que pede fadiga, esforço, mas que acompanha você pela vida toda". Em contrapartida, existe a tristeza de envelhecer sozinho e, assim, "a solidão se torna pior que a morte", concluiu.

Tags:
CasamentoDivórcioFamília
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
Larry Peterson
Ela se divorciou duas vezes, teve 8 filhos, virou freira e levou ...
2
FETUS
Francisco Vêneto
Abortos no mundo em 2021 já superam mortes por covid em toda a pa...
3
POPE AUDIENCE
Reportagem local
A oração de cura que pode ser dita várias vezes por dia
4
Aleteia Brasil
O testemunho de São Sebastião, o soldado mártir do Império Romano
5
Aleteia Brasil
Na íntegra: as três partes do Segredo de Fátima - e uma interpret...
6
Aleteia Brasil
5 milagres que a ciência tentou, mas nunca conseguiu explicar
7
JOE BIDEN
Francisco Vêneto
Joe Biden nomeia defensora do aborto para dirigir ações humanitár...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia