Aleteia logoAleteia logoAleteia
Terça-feira 16 Abril |
Aleteia logo
Estilo de vida
separateurCreated with Sketch.

Menos casamentos católicos = casamentos mais autênticos?

x3hfqo90ephsghfte9rlxcy7ijxut8d5cqwpsnq6l9dvnh0ohsqt-c3pfrtzgpj5m0vul3vbpo36w8tvea9dews3w6a.jpg

Aleteia Vaticano - publicado em 14/06/13

Muitos se casam estando já em situação de convivência, buscando apenas "institucionalizar" uma situação de fato

Era de se esperar, pois a nupcialidade em si se encontra em claro declive. Paralelamente a esta tendência, a Igreja foi melhorando paulatinamente a preparação dos futuros esposos, para que este sacramento seja vivido de maneira mais autêntica. Quem explica isso é José Luis Palacios, em uma reportagem publicada na revista Vida Nueva.

"O índice de nupcialidade diminuiu notavelmente desde que há mais liberdade Seria um impossível humano que isso não acontecesse também no âmbito do matrimônio canônico", explica o jesuíta José María Díaz Moreno.

O que surpreende, em países como a Espanha, por exemplo, é a rapidez com que se deu esta mudança, situando o país sociologicamente em níveis mais parecidos ao secularizado norte da Europa.

Ao mesmo tempo, as dioceses e paróquias fizeram um grande esforço para colocar em prática uma catequese para que os noivos aprofundem neste importante passo que é o matrimônio.

Há cursos intensivos de final de semana, sessões diárias e semanais, e até cursos por correspondência, dados por leigos e sacerdotes, diocesanos, religiosos ou membros de movimentos eclesiais.

Mas os que hoje se casam pela Igreja recebem o sacramento com convicção e autenticidade?

Muitos se casam estando já em situação de convivência, buscando apenas "institucionalizar" uma situação de fato. Inúmeros não voltam depois. Outros se separam na primeira dificuldade.

"Falta acompanhamento posterior", afirma o especialista nesta área.

Tags:
CasamentoIgrejaSacramentos
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia