Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Quinta-feira 26 Novembro |
São Silvestre Guzzolini
home iconEstilo de vida
line break icon

O que o Lobby Gay não quer que você saiba

Dale O’Leary - publicado em 14/06/13

A mudança real é possível. Isso pode acontecer espontaneamente ou através de terapia ou aconselhamento religioso. Parece ser mais comum entre as mulheres, talvez porque entre os homens a doença tenha complicações como vício sexual e uso de substâncias químicas. Lisa Diamond, autora de Sexual Fluidity, acompanhou 89 mulheres por 10 anos e descobriu que um certo número espontaneamente passou da SSA à heterossexualidade (Lisa Diamond, Sexual Fluidity (Harvard UP: Cambridge MA, 2008)).

Muitas, mas nem todas as pessoas que têm sintomas de GID quando crianças desenvolvem a atração pelo mesmo sexo (SSA) quando adultas. A intervenção precoce pode mudar essa trajetória. No entanto, há agora uma grande iniciativa para tornar ilegal o tratamento de crianças com GID ou adultos com SSA. Aqueles que defendem a proibição de tratamento argumentam que as pessoas com SSA nasceram dessa forma, que não podem mudar, e que qualquer terapia que não reafirme a sua atração pelo mesmo sexo é prejudicial. Nada disso é verdade.

Teorias de gênero começam com premissas falsas. Elas distorcem as provas e prejudicam os indivíduos e as sociedades que as abraçam. As provas produzidas em apoio à redefinição do casamento não resistem a um exame rigoroso. Isso pode explicar porque os partidários da redefinição do casamento querem encerrar o debate acusando os partidários do casamento natural de serem machistas, homofóbicos e intolerantes, culpáveis por discriminação e incitação ao ódio. Eles apelam para a compaixão, porque os fatos estão contra eles.

Mas aqueles que insistem na importância da diferença de sexo e do casamento natural não têm que ter medo dos fatos. Eles são os defensores da realidade.

  • 1
  • 2
  • 3
Tags:
CasamentoFilhoshomossexuais
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
MARYJA
Philip Kosloski
A melhor oração mariana para quando você prec...
Papa Francisco com máscara contra covid
Reportagem local
As 3 “covids” do Papa Francisco
WEB2-COMMUNION-EUCHARISTIE-HOSTIE-GODONG-DE354465C-e1605635059906.jpg
Reportagem local
Internado na UTI, Pe. Márlon Múcio continua c...
pildorasdefe.net
Por que você não vai para frente? Talvez este...
No colo de Maria
Como rezar o terço? Um guia ilustrado
Confissão não é para contar problemas, mas para contar pecados
Pe. Gabriel Vila Verde
Confissão não é para contar problemas, mas pa...
RED WEDNESDAY
Reportagem local
Perseguição aos cristãos no mundo é denunciad...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia