Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Sexta-feira 30 Outubro |
Santo Angelo de Acri
home iconAtualidade
line break icon

Rumo ao Rio: a experiência de Bergoglio e a sociedade plural

Jaime Septién - publicado em 17/06/13

O caminho que o Papa Francisco vai indicar aos católicos para atuar no contexto atual

Quais são os fatores fundamentais do papado de Francisco? O laboratório argentino serviria para projetar o possível trabalho do Papa em uma sociedade que, como diz o documento de Aparecida, já não vive uma época de mudanças, mas uma mudança de época?

Frente à multidão que inundará as ruas e praças do Rio de Janeiro na JMJ, o Papa indicará o caminho a se seguir em um mundo cujo paradigma deixou de ser o catolicismo?

Renovar os vínculos entre fé e sociedade

A edição deste mês de junho da revista argentina “Criterio” publica um artigo do sacerdote jesuíta Ignacio Pérez del Viso sobre o Papa Francisco, discutindo a atuação do Papa numa nova sociedade: a pluralista. A tese de Pérez del Viso – professor de teologia da faculdade de San Miguel – é que o Papa “pode nos ajudar a renovar os vínculos entre fé e sociedade, a partir de sua experiência local”.

Para o articulista, a Argentina – como o restante da América Latina – está passando do esquema tradicional católico para um novo modo de convivência baseado no pluralismo e no secularismo. O Papa poderia nos ajudar a encontrar o caminho adequado nesta mudança.

O articulista afirma que, “como pastor nesta região, Bergoglio buscou esse caminho, e continua buscando, já que não existem fórmulas absolutas que se possam aplicar automaticamente”. “Os princípios éticos são universais no espaço e permanentes no tempo, mas sua aplicação está condicionada pela diversidade de circunstâncias”, acrescenta o jesuíta. 

Pérez del Viso aponta cinco contribuições do Papa Francisco que devem ser levadas em conta frente ao pluralismo atual. 

A primeira é “a liberdade evangélica, ou ‘parresia’, em grego, que se manifestou nos apóstolos da comunidade cristã primitiva”. “Bergoglio não se assustava porque suas palavras resultavam pouco gratas ao governo e à oposição”.

A segunda contribuição é discernir bem as oportunidades de se expressar e agir. Por exemplo, ele não aceitou beatificar o padre Brochero no contexto de sua viagem de agora para a América Latina, porque instrumentalizariam suas palavras, seja governo ou oposição, no contexto das eleições parlamentares na Argentina de outubro próximo.

Segundo o jesuíta, o Papa adquiriu este princípio de discernimento nos Exercícios Espirituais de Santo Inácio, que equilibram o interior.

A terceira contribuição é que Bergoglio não se limita à cordialidade em relação aos não católicos. Ele “estabeleceu relações muito afetuosas com os evangélicos, os judeus, os muçulmanos, os não crentes. Muitos deles o consideram um amigo”.

A contribuição seguinte em relação à sociedade plural é que ninguém, muitos menos os católicos, tem de se conformar com o princípio do mal menor. “Bergoglio acentuava a transmissão, sem temor, da fé íntegra do Evangelho”. 

Conhecedor da passagem de Francisco como sacerdote jesuíta e depois arcebispo e cardeal de Buenos Aires, o padre Ignacio Pérez assinala, por fim, que o Papa “faz uma reflexão a partir das conclusões das ciências sociais, na realidade de todas as ciências, o que implica uma estreita colaboração com os leigos”.

Na sociedade plural, o valor da verdade deve estar acima de qualquer outro valor e “a luz da verdade ilumina a todos enquanto está acesa pelo fogo do amor, em particular pelos pobres e indigentes”. Nesse sentido – conclui o jesuíta – “o Papa Francisco pode nos ajudar a buscar todos juntos a verdade, porque estamos movidos por um mesmo afeto solidário”.

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Tags:
JMJPapa Francisco
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
OLD WOMAN, WRITING
Cerith Gardiner
A carta de uma irlandesa de 107 anos sobre co...
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
Reportagem local
Corpo incorrupto de Santa Bernadette: o que o...
No colo de Maria
Como rezar o terço? Um guia ilustrado
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia