Aleteia
Terça-feira 27 Outubro |
São Fulco
Atualidade

Síria: vídeos que espalham terror entre os cristãos

ABO AL-NUR SADK

Isabelle Cousturié - publicado em 04/07/13

Vídeos sobre a suposta execução de três franciscanos, de um bispo... Informação ou desinformação? O objetivo está claro: fazer os cristãos fugirem

Dois vídeos em poucos dias na Síria: um de três franciscanos, e outro de dois homens decapitados, um deles apresentado como bispo. O primeiro ainda não foi analisado; o segundo, analisado e considerado falso por especialistas, denuncia uma campanha de engano para aterrorizar os cristãos.


A divulgação do primeiro vídeo, que mostra a cena de três homens executados por membros de Front al-Nosra, foi anunciada por diversos meios de comunicação. Sua execução, segundo o vídeo, teria ocorrido no final de junho.


No entanto, o custódio da Terra Santa, Pierbattista Pizzaballa, desmentiu o fato: "Vi o vídeo e não reconheci ninguém. Não vi monges neste filme, pois tinham os olhos vendados", declarou à agência de notícias italiana SIR.


"Se tivesse havido alguma coisa, teríamos sido informados – afirmou. Em Ghassanieh, onde o Pe. Mourad foi assassinado, não há mais irmãos, porque tudo foi destruído e o convento foi ocupado. Só restam três irmãos nas localidades vizinhas, mas não recebemos informações desse tipo."


Entrevistado pela agência Fides, o Pe. Noël Muscat, OFM, confirmou que "os irmãos estão em constante contato com seus irmãos sírios e, depois de uma verificação adeauada no local, os outros irmãos franciscanos que residem no território confirmaram que estão bem".


Em um comunicado, a Custódia da Terra Santa afirma que acompanha a situação de perto, e convida todos a rezarem para que os responsáveis unam esforços para favorecer o final do conflito sírio.


Outras fontes de Fides destacam que "todos os dias circulam na internet vídeos que mostram supostas execuções de cristãos por parte de grupos islâmicos na Síria, mas é impossível verificar sua veracidade, dado o caos que reina no local".


De fato, em 25 de junho, apareceu no YouTube, em uma conta próxima do Hezbollah (a conta Baalbek), um vídeo que mostra a execução de dois homens, um deles apresentado como bispo, quando ainda se continua sem notícias de dois bispos ortodoxos de Alepo (Dom Paul Yazigi e Dom Jean Ibrahim), sequestrados no dia 22 de abril.


Segundo o site MediArabe, o vídeo foi "analisado por especistas e parece ser falso, destinado a alimentar a desinformação, para aterrorizar os cristãos sírios e o Ocidente, amplificar a ameaça dos islamitas e justificar a guerra de extermínio dirigida pelo regime e pelo Hezbollah".


Sem entrar em considerações políticas, estes vídeos, sejam manipulados ou não, exibem na internet horríveis execuções como troféus ou ameaças, que aumentam o horror de um conflito que já causou mais de 100 mil mortes, segundo um novo balanço do Observatório Sírio de Direitos Humanos.


Entre as vítimas, há mais de 3.300 mulheres e 5.140 crianças, e uma lista cada vez mais longa de cristãos, que não representam mais do que 5% da população síria.


"Neste ritmo, em breve já não haverá mais cristãos nesta região", destacou o Pe. Halim Noujaim, ministro regional dos franciscanos da Síria. E acrescentou: "Eu gostaria que o mundo inteiro soubesse que, ao apoiar os revolucionários, o Ocidente sustenta os extremistas religiosos e ajuda a matar os cristãos".


Segundo a Custódia da Terra Santa, tudo é morte e violência na Síria e não há nada que possa dar ao país o que ele precisa: as condições para que a paz volte a reinar o quanto antes.


Recentemente, massacraram uma aldeia de maioria cristã na cidade de Reef, na periferia de Homs; entre as vítimas, havia muitas mulheres e crianças.


Segundo o último relatório da ONG Portes Ouvertes, a Síria é a 11ª na lista de países nos quais os cristãos são os mais perseguidos – uma classificação que corre o risco de mudar, se ninguém ajudar o país a sair neste abismo de violência, sequestros e assassinatos em série.

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Tags:
CristãosMundo
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
No colo de Maria
Como rezar o terço? Um guia ilustrado
SAINT MICHAEL
Philip Kosloski
Oração a São Miguel por proteção contra inimi...
São Padre Pio de Pietrelcina
Oração de cura e libertação indicada pelo exo...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia