Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Quinta-feira 29 Outubro |
São Colmano
home iconAtualidade
line break icon

JMJ: bispos falam com os jovens sobre a fé

Gilberto Hernández García - publicado em 26/07/13

Há 250 polos catequéticos espalhados pela cidade do Rio de Janeiro e organizados por idiomas, para refletir sobre o tema da JMJ

As catequeses da JMJ Rio2013 são um espaço primordial de encontro com Cristo; seu objetivo é promover um momento de formação e reflexão sobre o tema principal do evento: “Ide e fazei discípulos entre todas as nações”, retirado do Evangelho de São Mateus.


Durante três manhãs, os jovens, agrupados por idiomas, participaram de catequeses sobre temas específicos e tiveram a oportunidade e fazer perguntas ao bispo catequista. Os jovens se dedicaram intensamente a estes momentos, com atitude de oração e com perguntas interessantes sobre os temas das catequeses.


“É gratificante compartilhar uma mesma fé entre os que provêm de diversas nações. E, assim como a fé os une, também sua juventude o faz. Suas perguntas, convicções, contradições, propósitos e amor pelo Senhor e pela sua Igreja são os mesmos em todos os países, comentou Dom Cristián Contreras Villarroel, bispo auxiliar de Santiago do Chile e presidente da Comissão de Pastoral Juvenil do Chile, que participa como catequista desta JMJ.


Por sua vez, o Pe. Leandro Lenin Tavares, responsável pelas catequeses, disse que, devido ao alto número de peregrinos inscritos, destinou-se uma grande quantidade de lugares para a realização das catequeses, localizados nas arquidioceses do Rio de Janeiro e Niterói, e nas dioceses de Nova Iguaçu e Caxias.


São 250 polos catequéticos, nos quais centenas de bispos estão se encarregando de transmitir uma “exposição sintética das verdades da fé”, cujo objetivo é refletir sobre um tema evangélico no contexto histórico e cultural no qual os jovens devem dar testemunho da sua fé.

Refletir sobre as implicações da missão


O lema da JMJ é “Ide e fazei discípulos entre todas as nações”. É o mandato de Cristo ressuscitado. Sendo assim, cada catequese tem objetivos claros, como explica o bispo auxiliar de Santiago do Chile.


“Na primeira catequese, 'Sede de Deus', refletimos sobre os sofrimentos e alegrias dos jovens de hoje, ajudando-os a formular as expectativas e esperanças que há em seu coração e anunciar que Cristo nos oferece uma nova esperança. Ou seja, partimos da realidade que vemos para iluminá-la a partir de Cristo.”


O prelado explicou que a segunda catequese, intitulada “Ser discípulos de Cristo”, buscou refletir sobre o que significa ser cristão, mostrando Jesus Cristo como o Mestre que escuta o Pai e faz a sua vontade.


“Queremos suscitar nos jovens a alegria de ser amigos de Jesus. E ser amigos do Senhor implica em amá-lo, mudar de vida, aproximar-se do sacramento da Reconciliação, alimentar-se da sua Palavra e da Eucaristia, segui-lo e imitá-lo: ser discípulos e missionários.”


Finalmente, indica o bispo chileno, na terceira catequese, "Ser missionários", o objetivo foi expor que a evangelização nasce do encontro pessoal com Cristo, que transforma a existência da pessoa.


"Mas este encontro pessoal com Cristo, para ser discípulo missionário, deve acontecer em um contexto eclesial. Não se vive a fé em um contexto individualista, mas comunitário e eclesial", enfatizou.


As catequeses são um elemento essencial nas JMJ, porque os jovens estão sedentos de um aprofundamento nas razões da sua fé. "Não se trata de razões como um exercício racional, mas sim de uma reflexão iluminada pela revelação de Cristo e pela contemplação orante da Palavra de Deus", destacou Dom Contreras.

Incentivar o espírito missionário


As catequeses foram dadas pela manhã, durante 3 dias. Nelas, os jovens contaram com momentos de oração, louvor, música, confissões e testemunhos; no final, a Santa Missa.


Segundo o Pe. Leandro Tavares, as catequeses foram transmitidas simultaneamente em todos os polos, com a intenção de despertar o espírito missionário e criar correntes de amizade entre os jovens, porque "precisamos comunicar aos peregrinos este espírito de missão que a JMJ quer levar".


As catequeses estão foram dadas em diversas línguas, das quais as mais procuradas foram: português (133 sedes), espanhol (50 sedes), inglês (25 sedes), italiano e francês (15 sedes), alemão (8 sedes) e polonês (5 sedes).

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Tags:
Audiência GeralJMJJuventude
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
Reportagem local
Corpo incorrupto de Santa Bernadette: o que o...
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
OLD WOMAN, WRITING
Cerith Gardiner
A carta de uma irlandesa de 107 anos sobre co...
No colo de Maria
Como rezar o terço? Um guia ilustrado
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia