Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Quarta-feira 14 Abril |
São Telmo
home iconAtualidade
line break icon

Pequeno balanço da visita do Papa para a JMJ

Fórum Libertas - publicado em 31/07/13

Um impulso para que a Igreja incremente sua capacidade de converter, muito além dos limites aos quais estava acostumada

Não pretendo agora fazer um balanço global do conjunto da Jornada Mundial da Juventude (JMJ), ainda que, sem dúvida, ela foi êxito, apesar dos déficits de organização do país de acolhida, que foram supridos pela capacidade dos brasileiros de tratar bem os peregrinos.

Eu gostaria de destacar sobretudo a perspectiva do ponto de vista do tratamento que a mídia ofereceu do Papa e das suas palavras. Poderíamos resumir tudo em uma ideia: quase todo mundo parece querer que Francisco tenha êxito em seus objetivos.

Esta seria a chave interpretativa da maioria dos relatos, opiniões e comentários. Neste sentido, o Papa Francisco conseguiu dar um giro também na mídia. Se isso será permanente ou não, só o tempo dirá.

O que já não temos tão claro é se os reais propósitos do Papa seriam tão comemorados assim. Mas, se fossem, seria algo fantástico, um verdadeiro milagre. Porque o verdadeiro propósito de Francisco é o bem explícito.

O prioritário e fundamental é que a Igreja ganhe capacidade de levar a Boa Nova e propô-la, para converter muito além dos seus limites habituais. Os apelos contínuos a sair das quatro paredes da paróquia, o convite a "fazer bagunça", o chamado a ir às periferias, a sair da burocracia e do conformismo, e tantas coisas que se desprendem das suas intervenções revelam claramente este sentido.

Para este Papa, o fundamental é que a Igreja recupere sua capacidade de levar a Palavra, de acolher o ferido, de propor-lhe a fé em Jesus Cristo, nosso Senhor. Seu acento na questão social tem justa correspondência com a crise que o sistema capitalista está vivendo, que acabou homogeneizando o mundo.

Mais uma vez, a Igreja se apresenta como resposta e alternativa a uma situação que derivou muito depressa a estados de injustiça e de desigualdade, que se dão inclusive na sociedades que eram consideradas desenvolvidas e imunes a isso.

As palavras de Francisco, em termos simples e diretos, estão tendo a mesma função de Leão XXIII e a Rerum novarum. Precisamos lembrar que Leão XIII não foi totalmente compreendido por alguns setores da Igreja. Depois, a história se encarregou de confirmar que o que ele tinha feito tinha transcendência, efeitos positivos, que se prolongaram até o século XX.

Os papas continuaram fiéis a esta tradição, como mostram as encíclicas sociais dos seus sucessores, mas agora estava faltando uma abordagem direta, um choque, certo grau de agitação, que é precisamente o que Francisco oferece.

Quem não conhece sua trajetória prévia como arcebispo de Buenos Aires e como simples jesuíta, pode pensar que alguns temas não têm precedentes, como o aborto e o casamento homossexual. Vemos pouco disso em suas palavras dos cinco primeiros meses, mas isso não significa que Francisco relativiza estas questões; ele simplesmente utiliza algo que São Paulo já nos convidava a fazer, que é ter senso de oportunidade.

Nem esquecimento nem obsessão, mas equilíbrio. Medida dos tempos. Isso também vale para a Evangelização.

E quando nos referimos ao senso de oportunidade, ninguém deve confundi-lo com o oportunismo, que é algo muito diferente, porque fica muito claro que as palavras de Francisco são diretas e contundentes, assim como seus atos, e ele os utiliza quando acredita que deve fazê-lo e onde considera pertinente.

Basta recordar que este é o Papa que citou o diabo mais vezes em menos tempo, e isso não é precisamente uma referência que encaixa bem em um postulado pós-moderno.

Tags:
IgrejaJMJPapa Francisco
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
PRINCE PHILIP
Cerith Gardiner
11 fatos interessantes sobre o falecido príncipe Philip
2
MIGRANT
Jesús V. Picón
O menino perdido no deserto nos convida a refletir
3
DIVINE MERCY
Reportagem local
Como obter indulgência plenária no Domingo da Divina Misericórdia...
4
LOVE AND MERCY FILM
Aleteia Brasil
O filme sobre Santa Faustina e a Divina Misericórdia já está disp...
5
Pe. Gabriel Vila Verde
Reportagem local
Ditadores proibiram missas ao longo da história, recorda pe. Gabr...
6
Jim Caviezel
J-P Mauro
Jim Caviezel fez o que pode ser considerado um dos maiores discur...
7
Aleteia Brasil
Havia um santo a bordo do Titanic?
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia