Aleteia
Terça-feira 20 Outubro |
São Cornélio
Atualidade

Síria: armas químicas, fundo do abismo, afirma núncio

Ap/LaPresse

Vatican News - publicado em 26/08/13

Dom Mario Zenari conversou com a Rádio Vaticano sobre a situação de guerra na Síria e o recente uso de armas químicas contra rebeldes e civis em Damasco

“Que não se repitam nunca mais, nunca mais, esses crimes, esses massacres”, disse o núncio apostólico em Damasco, dom Mario Zenari, à Rádio Vaticano, ao comentar o uso de armas químicas contra civis nos arredores da capital da Síria

Segundo organizações não governamentais, mais de 750 pessoas morreram em decorrência dos ataques químicos, inclusive crianças e mulheres. Desde o início dos confrontos na Síria, em março de 2011, morreram mais de 100 mil pessoas.

“Eu, nestes últimos dias, vendo as imagens terríveis que chocaram todos, ouvi o grito dessas crianças, destas vítimas inocentes, este grito para o céu e um grito para a comunidade internacional: não podemos permanecer em silêncio, diante deste grito, diante deste apelo que chega desses inocentes”, disse dom Mario Zenari.

“Naturalmente, eu rezo para que aqueles que têm responsabilidade neste campo – a comunidade internacional, os seus líderes – sejam dotados de muita sabedoria e muita prudência.”

Segundo o núncio, a comunidade internacional “deve fazer todo o possível para não ver mais essas imagens que nos abalaram. É preciso encontrar os meios mais adequados e mais oportunos, que não compliquem a situação. Rezemos para que aqueles que têm essas responsabilidades tenham sabedoria e prudência”.

Sobre a alta probabilidade de terem sido usadas armas químicas, dom Zenari comentou: “a comunidade internacional está aqui para verificar e estabelecer e espero que haja colaboração por parte das autoridades locais e da parte de todas que estão envolvidos no conflito, de modo que se chegue a uma conclusão.

A morte de inocentes “está acontecendo desde o início do conflito, há dois anos e meio. Cerca de um ano atrás, quando aqui em Damasco, os sons da guerra se faziam ouvir, eu tinha a impressão de que a Síria estivesse iniciando a triste descida ao inferno. Hoje, após esses fatos, eu acho que nos questionamos se já chegamos ao fundo desse abismo”.

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Tags:
GuerraMundo
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
st charbel
Reportagem local
Por acaso não está acontecendo o que São Char...
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
Ellen Mady
Para Jesus não existe novena melhor do que es...
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
ícone São Lucas Nossa Senhora Jesus médico
Reportagem local
Oração a São Lucas, evangelista e médico, pel...
No colo de Maria
Como rezar o terço? Um guia ilustrado
JENNIFER CHRISTIE
Jennifer Christie
Fui estuprada numa viagem a trabalho - e meu ...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia