Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Quinta-feira 29 Outubro |
São Colmano
home iconAtualidade
line break icon

A Igreja na Nuvem: formação católica na internet

Márcio Carvalho - publicado em 29/08/13

O desafio da maior presença do Evangelho na internet está ainda começando

O acesso à internet é cada dia mais uma realidade para a maioria das pessoas. Fala-se em democratização do acesso à informação e é verdade; nunca foi tão fácil buscar e encontrar informações sobre qualquer coisa.

A qualidade da informação, porém, depende da fonte. Quando se fala da fé cristã, a fonte primária é o próprio Deus que quis se revelar aos homens. E o fez de maneira plena por meio de Nosso Senhor Jesus Cristo, o Filho, que veio comunicar o Evangelho, a boa notícia de que a morte, consequência do pecado, foi vencida para sempre por Ele mesmo.

O meio de comunicação desta magnífica mensagem é a Igreja. Deus quis que sua Palavra fosse comunicada a todos os homens de todas as épocas até o fim dos tempos. Para isso fundou uma Igreja, comunidade reunida sob a autoridade de Cristo, que, participando dos bens alcançados pela Cruz em nosso favor, distribui os frutos da Redenção conforme o mandato apostólico. Isso é feito sobremaneira pelos Sacramentos, canais da Graça, e pela pregação autorizada da Igreja.

A instrução sagrada, a catequese, a pregação, a evangelização dos povos sempre se utilizou dos meios de comunicação. A pregação e o ensino público, nas praças, nos montes, nos púlpitos; a escrita manual, mecânica e eletrônica, atualmente; as ondas do rádio e da TV; e agora a rede mundial de computadores (que já abrange diversos outros dispositivos!).

O desafio da evangelização via web ainda está no começo. A presença da Igreja Católica na internet, a meu ver, ainda é tímida e ainda está em fase de amadurecimento. É a nova geração de católicos, sobretudo os jovens adultos já nascidos na era digital, que está dando os maiores passos.

Falamos em qualidade da informação: e a fé depende de comunicação, de transferência de conteúdos. A “concorrência” é grande, quando há milhares de seitas tentando comunicar a sua própria mensagem (a mensagem de Cristo é única e passa pela Tradição, transmissão, da Igreja). A Igreja sempre falou em formação, em aprendizado da fé. É importante para a vivência cristã o conhecimento e o amadurecimento dos conteúdos doutrinais, sobretudo aqueles compilados em forma de Catecismo, acessível a todas as pessoas, de todas as idades. 

Muitas pessoas que gostariam de se aprofundar no conhecimento da fé não podem frequentar grupos de estudo presenciais por falta de tempo ou opções próximas. Muitos já usam a internet como fonte de pesquisa e estudo, mas é preciso método e orientação, principalmente diante das amplas possibilidades da internet, nem todas seguras.

Um exemplo: em busca na web por cursos de teologia, de formação, curso bíblico ou similares na modalidade à distância, predomina os cursos de denominações evangélicas pentecostais. Adicionando o termo “católico” à busca, aparecem pouquíssimas opções e até algumas que usam inapropriadamente o adjetivo católico (“Seminário Católico”, Igrejas Brasileiras, etc). 

Quando se busca qualquer tema ligado à fé católica, o risco de se cair em conteúdo em desacordo com a fé da Igreja é grande. Ainda não há uma cultura do internauta católico de “checar as fontes”, de buscar conteúdo confiável. As próprias instituições da Igreja, como dioceses, paróquias, congregações, às vezes deixam a desejar por confiar o trabalho da comunicação via internet a pessoas que não estão focando a transmissão da fé, mas a mera veiculação de notícias ou ações locais.

O desafio da maior presença do Evangelho na internet está ainda começando. O Papa Bento XVI fez fortes apelos à maior conhecimento da fé por parte dos católicos, sobretudo no Ano da Fé e nas Mensagens para o Dia Mundial das Comunicações Sociais. Possa o Evangelho também fecundar o mundo virtual e chegar íntegro a cada vez mais pessoas, até os confins do mundo, como queria Nosso Senhor.

* Nuvem (cloud computing) é um termo usado em tecnologia da informação para indicar o armazenamento de dados na rede mundial de computadores.

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Tags:
DoutrinaevangelizacaoInternet
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
Reportagem local
Corpo incorrupto de Santa Bernadette: o que o...
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
OLD WOMAN, WRITING
Cerith Gardiner
A carta de uma irlandesa de 107 anos sobre co...
No colo de Maria
Como rezar o terço? Um guia ilustrado
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia