Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Segunda-feira 01 Março |
São Félix III (II)
home iconAtualidade
line break icon

Numa democracia, é preciso que haja participação das pessoas

CNBB - publicado em 03/09/13

Presidente da CNBB abriu Semana Social Brasileira enfatizando a necessidade da participação dos cidadãos e da reforma política

O presidente da CNBB, cardeal Raymundo Damasceno, convidou os católicos a uma verdadeira participação na democracia brasileira.

Ele falou na abertura da 5ª Semana Social Brasileira (SSB), que foi aberta na tarde dessa segunda-feira, na CNBB, em Brasília.

O evento discute o tema: “O Estado que temos e o Estado que queremos”. Estende-se até a próxima quinta-feira e reúne o resultado das reflexões realizadas sobre o assunto nos regionais da CNBB desde 2011.

“Nós temos aqui representadas as diversas pastorais sociais, o Conselho Nacional das Igrejas Cristãs (Conic) e diversos movimentos sociais. Sabemos que o Estado deve estar à serviço do bem-estar de todos, criando oportunidades e respeitando os direitos de cada pessoa humana. Não queremos prescindir do Estado, mas é importante que haja a participação das pessoas numa democracia realmente representativa”, afirmou o cardeal Damasceno, na saudação aos presentes.

O presidente da Comissão Episcopal Pastoral para o Serviço da Caridade, da Justiça e da Paz da CNBB, dom Guilherme Werlang, vai acompanhar todo o seminário, que deve sintetizar o debate nacional.

“Aqui nós teremos partilhas de experiências. Vamos, ao final, abordar algumas bandeiras que são necessárias para, de fato, que esta mobilização ajude a construir um novo Estado, que responda às necessidades do mundo de hoje”.

Dom Guilherme destacou também a presença dos diversos movimentos e pastorais sociais no processo da 5ª Semana Social. “Esses movimentos são muito importantes, pois eles são a parte da sociedade civil que deve ser ouvida”.

O presidente da CNBB destacou a colaboração do debate da 5ª SSB na elaboração das propostas para a Reforma Política, que seria apresentada hoje.

(Com CNBB)

Tags:
Igreja CatólicaPolíticareforma
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
KOMUNIA NA RĘKĘ
Claudio de Castro
Padre chora copiosamente diante da falta de respeito com a Eucari...
2
PRAYER
Desde la Fe
Coisas que você não deve fazer na Missa e talvez não saiba
3
RECONSTRUCTED CHRIST
Lucandrea Massaro
Assim era Jesus: o misterioso Homem do Sudário, reconstruído em 3...
4
HOLY FAMILY
Philip Kosloski
A antiga oração a São José que é “conhecida por nunca ter falhado...
5
MEXICO
Pablo Cesio
México: homem chega à própria missa de corpo presente
6
missionárias mártires iêmen
Reportagem local
A corajosa última oração destas 4 freiras antes de serem mortas p...
7
PRAY YOUNG
Arquidiocese de São Paulo
Rezar o terço sem contemplar os mistérios é válido?
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia