Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Segunda-feira 19 Abril |
São Leão IX
home iconReligião
line break icon

Além da fé

© DR

Frei Francisco - Blog do frei Francisco - publicado em 26/09/13

Sem Amor a existência é um buraco negro, vazia de luz, contraditória e privada do essencial: a eternidade

Ninguém acredita no que não espera, nem espera por aquilo em que não acredita. Cremos porque queremos e queremos porque cremos.

A é mais do que acreditar em Deus e a esperança muito mais do que esperar sentado que os sonhos se concretizem. Fé e esperança implicam mudanças na vida, exigem que nos levantemos do conforto e corramos rumo a algo maior do que aquilo que conseguimos compreender.

Acreditar não é uma atitude passiva de esperar que o mundo se alinhe para nos satisfazer, mas sim uma vontade ativa de criar o que se espera. De erguer com as próprias mãos aquilo em que se tem fé.

O Homem tende naturalmente para os bens futuros, incertos, mas cuja ocorrência depende, na maior parte dos casos de uma disposição determinada e de uma série de ações concretas. A expectativa é a base do esforço que luta pelo bem.

Esperamos porque acreditamos ou acreditamos porque esperamos? Não tem sentido. Esperança e fé são indissociáveis. Não existem como realidades distintas. Contêm elementos irracionais, mas ninguém acredita no que não espera, nem espera por aquilo em que não acredita. Cremos porque queremos e queremos porque cremos.

O Amor promete e garante uma vida que há de ser vivida, mas também que, ao longo do percurso até lá, cada passo seja apreciado mas sofrido… o sofrimento faz parte da prova do Amor. Até que ponto se acredita? Se espera? Se segue adiante sem chão por debaixo dos pés? Dói. Muito. Mas valerá mais que todas e cada uma das penas.

Eis a essência da eternidade: a inesgotabilidade do Amor. Há sempre (mais) Amor, ao ponto do tempo ser vencido e ultrapassado.

A vida valiosa existe para além do visível. Talvez por isso a esperança seja desesperante e a fé angustiante, afinal o Amor precisa de ser cego às coisas que passam… Porque o Amor é vida, no seu sentido último… aquela força que luta contra o que existe, para dar mais cor e luz ao mundo, que faz a semente brotar da terra, a árvore crescer, o animal procurar sempre forma de sobreviver, essa mesma força que leva o homem a sonhar ser tão grande quanto infinito é aquilo que espera e em que acredita. O que ama.

O Amor estende-se ao futuro. Por isso é esperança. Não há Amor sem amanhã. Nem amanhã sem Amor. Esperar é próprio do Amor. Sempre. Para além do desespero. Apesar da maior de todas as dores, o Amor confia, espera e acredita. O Amor é Amor, e só nele tudo fará sentido.

Fé e esperança implicam a existência de razões para além daquelas que a humana inteligência consegue abarcar. Afinal, a verdade pode repousar naquilo que hoje parece não fazer sentido algum. Eis a maior das belezas: uma luz, que ainda escondida, há de iluminar a mais tremenda das escuridões.

A humildade é a chave que abre os sonhos ao mundo, na medida em que só uma consciência que compreenda que não há nada que dependa só da vontade de quem espera pode lançar-se no desígnio de fazer na terra um céu.

É na fragilidade do momento presente, face à felicidade que se entrevê num futuro incerto e vertiginosamente livre, que o homem estabelece o claro sentido da sua fé, da sua esperança: Ajoelhando-se diante dos sonhos e amando com todo o seu ser, apesar dos pesadelos.

Talvez esperança e fé sejam apenas formas mais concretas do Amor andar neste mundo.

Sem Amor a existência é um buraco negro, vazia de luz, contraditória e privada do essencial: a eternidade.

O contrário da felicidade é o medo. Caminhar rumo à incerteza do amanhã implica um abandono confiante que, contra todo o desespero, ama o que não conhece e para ele caminha por entre infernos. Uma vontade simples e infinita de ser feliz. A fé. A esperança. O Amor.

Tags:
AmorFelicidade
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
KRZYŻYK NA CZOLE
Beatriz Camargo
60 nomes de bebês que carregam mensagens poderosas
2
MIGRANT
Jesús V. Picón
O menino perdido no deserto nos convida a refletir
3
Ordenação sacerdotal
Francisco Vêneto
Ex-testemunha de Jeová será ordenado padre católico aos 25 anos
4
BENEDICT XVI
Reportagem local
Em nova e extensa biografia, Bento XVI desmascara o atual “...
5
MARY, CRUSH, SNAKE
Desde la Fe
10 poderosas armas para lutar contra o demônio
6
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
7
SPANISH FLU
Bret Thoman, OFS
Como o Padre Pio encarou a pandemia de gripe espanhola
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia