Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.
Receba diretamente no seu email os artigos da Aleteia.
Cadastrar-se

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

O que é a desnutrição dentro do útero?

© Lithiumphoto / SHUTTERSTOCK
Compartilhar

Muitas vezes a criança não recebe todos os nutrientes que precisa dentro da barriga da mãe; isso pode acontecer por muitas causas

A maioria das gestantes tem curiosidade de saber o que acontece com o seu bebê durante a gravidez. Com os exames médicos realizados no pré natal é possível identificar e reduzir muitos problemas de saúde que costumam atingir a mãe e seu bebê. Um desses problemas é a desnutrição intra uterina ou seja dentro do útero. Dr. Nelson Arns Neumann, coordenador nacional adjunto e coordenador internacional da Pastoral da Criança, fala sobre o assunto:

O que é a desnutrição dentro do útero?

Muitas vezes a criança não recebe todos os nutrientes que precisa dentro da barriga da mãe. Isso pode acontecer por muitas causas. A mais comum no passado era quando a mãe passava fome e a criança passava fome junto. Hoje praticamente não existe mais no Brasil essa falta de acesso a comida, mas existem algumas causas que podem levar a criança a sofrer dentro do útero da mãe.

O que a gestante deve fazer para evitar a desnutrição dentro do útero?

Em primeiro lugar ela deve comer bem. Frutas verduras, isso é muito importante. Em segundo lugar ela precisa controlar certas doenças, a pressão alta, por exemplo, prejudica a criança, inclusive a sua nutrição, por que a pressão da mãe influencia sobre a quantidade de sangue que essa criança recebe dentro da barriga da mãe. A questão também do uso de drogas. O fumo causa desnutrição da criança dentro da barriga da mãe. A gestação quando ela é tardia, você espera muito pra ter a gestação, isso também causa problemas, por que o organismo da mãe não está em pleno vigor pra sustentar a criança.

Além de uma boa alimentação é necessário também a suplementação de ferro e ácido fólico?

O ácido fólico é muito importante para completar o sistema nervoso da criança. É importante que a mãe já tenha essa suplementação antes da gravidez, por que a formação da coluna espinhal acontece já no primeiro mês de gestação. Também é importante a questão do ferro. O ferro dado pela alimentação absorve melhor. Para absorver melhor o ferro é bom ingerir junto a vitamina C. Em geral é recomendado também que ela tenha um suplemento de ferro pra que não falte esse elemento essencial para fazer as células do sangue, tão importantes pra mãe e também para criança.

Quais seriam as causas principais da prematuridade?

A maior causa evitável da criança nascer antes é a infecção urinária. Uma pesquisa muito recente apontou também que as gestantes idosas, além da criança sofrer uma desnutrição dentro do útero, elas também tem partos mais prematuros. O que essa pesquisa mostrou é que a gestante começa a ficar idosa a partir dos 27 e 28 anos de idade. Quanto mais tarde, maior o risco da criança nascer antes do tempo e maior o risco do retardo de crescimento intrauterina.

A desnutrição do bebê dentro do útero pode predispor a criança a obesidade?

Sim. Quando a criança passa fome dentro da barriga da mãe ela modifica o jeito do seu organismo funcionar. É quase como se a criança dissesse que a vida fora da barriga está ruim, então tenta treinar o organismo para poupar. A criança depois que nasce, como o organismo foi treinado para poupar tudo que ela come, ou boa parte do que come é reservado e se transforma em gordura, pois gordura é uma reserva. Esse organismo poupador tem uma tendencia muito maior de engordar.

E aquelas gestantes que optam pela cesariana com hora marcada, qual é a consequência disso?

A antecipação do parto pode ser muito perigosa para a criança. A criança que nasce duas semanas antes do tempo tem mais de 100 vezes problemas respiratórios. A mortalidade da mãe e das crianças, as consequências, as doenças que a mãe sofre depois, também são muito maiores nas mães que fazem cesárea.

Existem gestantes que fazem dieta para não ganhar peso e para facilitar na hora do parto, que efeitos isso pode ter para o bebê?

A mãe fazer dieta durante a gestação pode induzir a criança a passar fome e ter organismo poupador, a criança fica passando fome – “puxa vida lá fora está ruim, vou economizar”- e treina pra que tudo que come se acumule e engorde.

Para uma gestação saudável, o que é preciso ?

É preciso preparo, você precisa também, já de preferencia, tomar o acido fólico antes de engravidar para prevenir doenças do sistema nervoso. Não deixar a gestação para muito tarde e em qualquer fase da vida uma alimentação saudável.

A Pastoral da Criança está alertando as gestantes e famílias sobre como os primeiros mil dias da criança podem afetar a saúde para sempre. Qual é o motivo deste trabalho?

Certas doenças já tem origem na gestação, então estes cuidados durante a gestação são cada vez mais importantes, por que podem prevenir pressão alta, osteoporose, colesterol alto, problemas de rim, a criança nascer com menos músculos, obesidade e diabetes. Tudo isso inicia na gestação. Mil dias por que? Por que também o aleitamento materno é capaz de prevenir uma série de doenças então a dieta da criança nos primeiros dois anos também é muito importante

E o que está sendo feito nas comunidades neste sentido?

A Pastoral da Criança, sabendo da importância desses primeiros mil dias, da concepção do dia em que a mulher fica gravida até o segundo ano de vida, faz o mutirão em busca da gestante. A cada três meses os líderes vão de casa em casa entregar uma cartelinha dizendo da importância desses mil dias. Se já tem uma gestante em casa, ela fica ciente e toma uma atitude e se não tem gestante ainda, ela já pode pensar em como pode ter uma gestação saudável e quais os cuidados que precisa ter desde o início para que seu filho tenha saúde dentro da barriga, durante o parto e nos primeiros anos de vida ,mas também aos 60, 70, 80, 90 ou até mais de 100 anos de vida.

(Publicado no site da Pastoral da Criança)

Boletim
Receba Aleteia todo dia
São leitores como você que contribuem para a missão da Aleteia

Desde o início de nossas atividades, em 2012, o número de leitores da Aleteia cresceu rapidamente em todo o mundo. Estamos comprometidos com a missão de fornecer artigos que enriquecem, informam e inspiram a vida católica. Por isso queremos que nossos artigos sejam acessados por todos. Mas, para isso, precisamos da sua ajuda. O jornalismo de qualidade tem um custo (maior do que o que a propaganda consegue cobrir). Leitores como você podem fazer uma grande diferença, doando apenas $ 3 por mês.