Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Quarta-feira 04 Agosto |
São João Maria Vianney
home iconAtualidade
line break icon

Convenção contra armas químicas entra em vigor na Síria

USAF/Zachary Hada

Agência Brasil - publicado em 15/10/13

O desmantelamento do arsenal químico da Síria decorre no âmbito do acordo firmado em setembro entre Moscou e Washington para evitar uma intervenção militar

A Convenção para a Proibição de Armas Químicas entrou ontem (14) em vigor na Síria, onde se encontra uma missão de inspetores internacionais para acabar com o arsenal do regime do presidente Bashar Al Assad. A Síria tornou-se assim o 190º integrante da Organização para a Proibição de Armas Químicas (Opaq).

Um porta-voz da organização informou que a convenção entrou em vigor às 7h locais e que o dia de ontem marcou a adesão formal da Síria à convenção, embora já tenha começado nas últimas semanas. A mesma fonte lembrou que foi o regime de Damasco que solicitou a adesão à Opaq, pedindo que fossem acelerados os trâmites para a efetivação.

A missão de especialistas chegou ao território sírio em 1º de outubro para verificar e destruir as armas químicas em poder do regime do de Bashar Al Assad. A equipe começou a destruir o arsenal e já visitou 20 locais de armazenamento.

A Convenção para a Destruição de Armas Químicas estabelece que os Estados-membros são responsáveis pela segurança dos investigadores da Opaq, bem como pelos custos da destruição do armamento.

O desmantelamento do arsenal químico da Síria decorre no âmbito do acordo firmado em setembro entre Moscou e Washington para evitar uma intervenção militar norte-americana no país.

A hipótese de uma intervenção norte-americana esteve em pauta após o ataque com armas químicas no dia 21 de agosto, em um bairro da periferia de Damasco, que causou mais de mil mortos.

Sexta-feira (11), o Comitê Nobel atribuiu à Opaq o prémio Nobel da Paz de 2013 pelos "grandes esforços para eliminar" os arsenais químicos e como incentivo à ação no conflito na Síria.

(Agência Brasil)

Tags:
GuerraMundo
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
Reportagem local
Gritos levam polícia à casa de dois idosos, que choravam copiosam...
2
Sintomas da depressão
Reportagem local
8 sintomas físicos da depressão: fique atento a si mesmo e ao seu...
3
Philip Kosloski
Mesmo com ouro e glória, Michael Phelps foi ao fundo do poço – ma...
4
MAN
Reportagem local
Oração da noite para serenar o espírito e pacificar a ansiedade
5
Pe. Edward Looney
Padre revela: por que sempre levo água benta comigo ao viajar
6
sacerdotes
Reportagem local
Suicídio de sacerdotes: desabafo de padre brasileiro comove as re...
7
Aleteia Brasil
Sorrisão e joelhos: 2 pais brasileiros e seus bebês que emocionar...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia