Aleteia
Quarta-feira 28 Outubro |
São Sálvio
Estilo de vida

Projetos educativos combatem trabalho infantil no campo

Arquivo ABr

Trabalho infantil

Portal Aprendiz - publicado em 15/10/13

No Brasil, o setor agrícola é responsável por cerca de um terço do trabalho infantil

Educação e pobreza. Essas duas palavras foram o foco da plenária “Trabalho Infantil na Agricultura”, parte da III Conferência Global sobre Trabalho Infantil, realizada na semana passada em Brasília. No foco dos participantes, as 98 milhões de crianças e adolescentes trabalhando no setor agrícola – que engloba atividades como plantações, colheitas, pesca, extração vegetal e pecuária, números expressivos se considerarmos que compõem 60% do total.

As estatísticas da Organização Internacional do Trabalho revelam que o trabalho infantil na agricultura ocorre, em sua maioria, em propriedades familiares e sem remuneração. Com este panorama de fundo, os debatedores ressaltaram a importância estratégica da educação na erradicação do trabalho infantil.

O especialista da FAO (Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura), Bernd Seiffert, trouxe a experiência promovida pela organização na Tanzânia, o “Junior farmer field and life schools”. “Muitas comunidades agrícolas acham que o currículo escolar não é adequado e útil para eles, então o programa traz habilidades relacionadas ao cotidiano deles para dentro da sala de aula”, explica Seiffert. Além da questão educacional, o programa visa articular a comunidade e as associações de produtores para facilitar o acesso aos créditos por parte dos agricultores e melhor colocação no mercado. “O programa empodera crianças vulneráveis e engaja governo e associações de produtores na prevenção do trabalho infantil e na promoção do trabalho juvenil”, analisa o especialista da FAO.

A importância da escola também foi ressaltada pela diretora da Nanyoiye Development Organization, Irene Leshore, do Quênia. Ela trouxe a iniciativa realizada em sua comunidade de oferecer educação às crianças envolvidas em atividades de pastoreio. “No distrito de Samburu, a frequência escolar é muito baixa porque o cotidiano dos pastores impede a ida à escola, as crianças saem muito cedo e andam até 20 quilômetros por dia e retornam apenas a noite para casa”, explica Irene. Diante deste panorama, criaram-se escolas mais flexíveis para que as crianças passassem a frequentar a escola. “Na minha comunidade, a solução para a erradicação das piores formas do trabalho infantil passa pela criação de mais escolas”, definiu Irene.

Além da oferta de educação gratuita, de qualidade e conectada às necessidades das comunidades, os debatedores destacaram que a erradicação do trabalho infantil na agricultura também demanda políticas de promoção do trabalho decente no setor.

A representante da União Internacional de Trabalhadores da Alimentação (UIFA), Sue Longley, destacou a situação dos agricultores do setor. “A agricultura é marcada por deficiências nos direitos trabalhistas, muitos trabalhadores da agricultura não estão cobertos pelos direitos já consolidados nas legislações e pelas Convenções da OIT. É nesse contexto que temos que considerar o trabalho infantil na agricultura”, explicou Sue.

Já o indiano Kailash Satyarthi, da Marcha Global contra o Trabalho Infantil, destacou que a agricultura familiar muitas vezes está numa posição desfavorável na cadeia produtiva. “Quanto menor o poder de barganha dos agricultores, maior os problemas no setor rural e maior a chance das crianças entrarem no mercado”, afirmou Satyarthi.

A representante da UIFA, Sue, destacou a urgência do debate sobre a questão do trabalho infantil na agricultura: “Nós precisamos de uma estratégia de aceleração da erradicação especificamente para o setor. Precisamos sair daqui com comprometimento e planos de ação”.

Panorama brasileiro

No Brasil, o setor agrícola é responsável por cerca de um terço do trabalho infantil. De acordo com a última Pesquisa Nacional por Amostras de Domicílios (Pnad), de 2012, são em torno de um milhão de crianças e adolescentes trabalhando no setor. A agricultura é a atividade em que as pessoas começam a trabalhar mais cedo. Na faixa etária entre os 5 e 13 anos, 60% dos que trabalham estão na agricultura, totalizando 333 mil crianças. Quanto mais a idade avança, menor a porcentagem de trabalho infantil nessas atividades. Entre os 14 e 15 anos, 35% (313 mil) dos que trabalham estão no setor, já dos 16 e 17 anos, 17% (393 mil) estão na agricultura.

Em relação à Pnad de 2011, houve uma redução no trabalho infantil nas atividade agrícolas. No ano retrasado eram 1,3 milhão de crianças e adolescentes na agricultura, o que correspondia a 35,5% do trabalho infantil. Em 2012, essa relação caiu para 30,1%, totalizando um milhão de crianças trabalhando no setor. A redução ocorreu em todas as faixas etárias, tanto em porcentagem quanto em número absolutos.

(Portal Aprendiz)

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Tags:
EducaçãoFilhosTrabalho
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
No colo de Maria
Como rezar o terço? Um guia ilustrado
Pe. Zezinho
Francisco Vêneto
Duas emissoras brasileiras deturpam fatos em ...
Reportagem local
Corpo incorrupto de Santa Bernadette: o que o...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia