Aleteia
Segunda-feira 19 Outubro |
Santos Mártires Canadenses
Estilo de vida

Ir de bicicleta para o trabalho é uma vitória para todos, diz prefeita de Sydney

Sydney Bicycle Film Festival

Bicicletas - Sydney

Programa Cidades Sustentáveis - publicado em 29/10/13

Agora estamos vendo outros tipos de ciclistas: aposentados, pais e filhos no caminho para a escola ou creche, estudantes universitários e pessoas como eu, redescobrindo a alegria das duas rodas

Por Clover Moore

Três anos atrás eu caí de bicicleta. Foi no Dia de Bike ao Trabalho (Ride to Work Day) e eu fraturei meu tornozelo. Hoje, estarei de volta à minha bike para me juntar a milhares de outras pessoas que irão pedalar para o trabalho. O medo de cair não deve nos impedir de tentar coisas novas.

Quando me tornei prefeita, foram os de "terno" que trabalhavam no distrito central de negócios que pressionaram forte para haver uma rede de bicicletas. Eles queriam deixar a academia para ficarem em forma indo para o trabalho. As empresas começaram a instalar equipamentos de fim-de-viagem – chuveiros, armários e estacionamento de bicicletas.

Agora estamos vendo outros tipos de ciclistas: aposentados, pais e filhos no caminho para a escola ou creche, estudantes universitários e pessoas como eu, redescobrindo a alegria das duas rodas.

Nós não estamos usando Lycra e estamos cautelosos com o tráfego, mas sentir o vento em nosso rosto enquanto pedalamos para o trabalho, para as compras, para o parque local ou para a escola é divertido e uma ótima maneira de manter a forma.

Nós estamos ficando para trás em nossas bicicletas porque, lentamente, está se tornando mais seguro pedalar em Sydney e cada dia mais há mais pessoas fazendo isso.

Cerca de 31.600 moradores da cidade de Sydney pedalam toda semana. Mas pedalar não é apenas um passatempo do centro da cidade, as nossas ciclovias estão cheias de ciclistas de toda Sydney, incluindo North Sydney, Leichhardt, Botany Bay, Randwick, Ashfield, Ryde, Burwood, Canterbury, Rockdale e Manly.

Eu defendia a bicicleta como opção de transporte sensível porque tem muitos benefícios. É uma forma acessível e confiável para se locomover e isso é bom para a sua saúde e ao meio ambiente.

Pedalar lhe dá um senso de conexão com o seu bairro, você simplesmente não pode ficar atrás do volante de um carro, ou no ônibus.

Mas muitas pessoas dizem-nos que não vai pedalar para o trabalho porque, quando chegam perto do centro da cidade, o tráfego é assustador. Quando perguntamos sobre o que a cidade de Sydney deve fazer para incentivar o uso das bicicletas, mais de 77% das pessoas disseram que queriam mais e mais ciclovias seguras.

Agora que o governo de New South Wales lançou uma Estratégia de Acesso ao Centro da cidade, podemos completar a nossa rede de bicicletas. Os ciclistas em breve serão capazes de desfrutar de uma viagem segura de norte a sul e de leste a oeste.

Onde há pistas separadas, o ciclismo dobrou – e às vezes triplicou – em poucos anos. Em algumas de nossas ciclovias em horários de pico, temos mais pessoas andando do que em todos os carros ao lado deles na faixa de rodagem.

Tenho certeza uma vez que nossa rede é construída, vamos ter mais pessoas a usá-la. Em Londres, o maior levantamento feito com bicicletas verificou que os ciclistas representaram 24% de todo o tráfego no centro da cidade durante o pico da manhã. Em maio, em Nova York, teve início um esquema de aluguel de bicicletas. Dentro de três dias, mais de 20 mil pessoas haviam se registrado.

Pessoas em bicicletas são pessoas que não estão no transporte público superlotado ou em carros que contribuem para o congestionamento. É um ganha-ganha.

Nosso desafio é incentivar o bom comportamento de todos os usuários da via. Estamos todos no mesmo caminho e precisamos olhar para o outro.

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
st charbel
Reportagem local
Por acaso não está acontecendo o que São Char...
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
No colo de Maria
Como rezar o terço? Um guia ilustrado
FATIMA
Philip Kosloski
Fotos raras dos 3 pastorinhos de Fátima
POPE FRANCIS GENERAL AUDIENCE
Reportagem local
As 3 orações que o Papa pediu para rezarmos e...
Pe. Gilmar
Reportagem local
Brasil: padre desaparece e manda mensagem com...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia