Aleteia logoAleteia logoAleteia
Domingo 21 Abril |
Aleteia logo
Atualidade
separateurCreated with Sketch.

Katy Perry é o melhor exemplo para as jovens?

Katy Perry: The Best Role Model for Young Women? – pt

Eva Rinaldi

Kim Scharfenberger - publicado em 08/11/13

Uma mãe escreveu a Katy Perry agradecendo-lhe por dar "uma nova esperança às jovens desta geração", mas acho que podemos oferecer algo melhor que isso

Recentemente, o Huffington Post publicou uma carta aberta a Katy Perry, escrita por uma mãe chamada Magnolia Ripkin . Ripkin aproveitou a oportunidade para agradecer a Perry pela sua mais recente música, "Roar" ("Rugir"), e por sua mensagem positiva para as meninas de todos os lugares. "Depois de poucos minutos cantarolando a sua música, sua letra me deu uma nova esperança nas jovens desta geração", escreve ela.

Depois do desempenho da Miley Cyrus, é compreensível que os pais estejam buscando desesperadamente modelos respeitáveis ​​na indústria do entretenimento. Se Katy Perry é a artista ideal para se encaixar neste molde, não sabemos. Será que a mulher que deu ao mundo o "sutiã cupcake" é o que queremos apresentar como o melhor modelo para as nossas filhas?

Na verdade, sim, quando você leva em consideração o mais recente hit de Miley Cyrus, "Wrecking Ball" ("Bola de demolição"). Ficamos claramente insatisfeitas com a falta de recato de Miley. O vídeo da música apresenta Miley totalmente nua em uma bola de demolição. Outras cenas a mostram sugestivamente esparramada em detritos e lambendo um martelo, entre outras coisas.

Quanto à Perry, "Roar" é bastante regular, assim como as canções pop de hoje em dia. A melodia é simples e as letras não são têm nada de especial. A Sra. Ripkin elogia "Roar" como "um farol anti-Miley", mas, se observarmos bem, será que as mensagens que estas duas artistas estão enviando às meninas são tão diferentes? O vídeo da música "Roar" mostra que, apesar do entusiasmo desta mãe com relação a Katy Perry, ela pode estar criando a mesma mentalidade de Miley em sua filha, embora de uma forma menos desagradável.

O clipe da música começa com um acidente de avião em uma selva. Perry interpreta uma sobrevivente aterrorizada que conta com a ajuda de um homem narcisista para protegê-la – pelo menos até ele ser vencido por um tigre. O resto do vídeo enfoca Perry tornando-se mais "poderosa" , provando que ela é capaz de se proteger, o que se reflete na letra da música.

É a escolha do guarda-roupa de Perry ao longo do vídeo o que mais chama a atenção, porque no início (quando ela estava com "medo de virar o barco e fazer uma bagunça"), ela aparece vestida de forma bem conservadora. Até que, no final (quando ela está pronta e é uma "campeã"), ela está vestindo um top de biquíni com estampa de leopardo e uma minissaia feita de mato.

É uma mensagem interessante para as meninas, e isso não tem necessariamente a ver com a falta de modéstia somente. O ponto que está sendo expresso aqui é que, se você é "forte" e valente, sua sexualidade é a melhor mensagem. As mulheres em quem você se espelha são as mais atraentes e que têm a sua sexualidade em exposição.

E de que outra forma todas as aventuras de Miley seriam explicadas, exceto através de uma mentalidade assim? Mulheres poderosas são mulheres sensuais que não têm medo de se expor. Esta é a mensagem que a indústria do entretenimento ensina às jovens.

Miley está claramente presa a ela em quase tudo o que faz. Ela sabia que seu clipe precisava ser memorável e intimidante, então apelou à única maneira que conhecia de expressar sua intimidação: as ações sexuais explícitas. Ela sabia que "Wrecking Ball" tinha de chamar a atenção, então se despiu completamente para causar um maior impacto.

Há um termo psicológico conhecido como "dessensibilização", que parece estar em vigor aqui. Quanto mais expostos formos ao comportamento escandaloso de pessoas à luz pública, mais indulgentes nos tornaremos com aquelas que são menos escandalosas.

Não, Katy Perry não está sugestivamente nua, montando uma bola de demolição, mas isso não quer dizer muito, não é? Só porque ela não está nua em seus clipes ou dançando no palco com homens com o dobro da idade dela não significa que ela deva ser imitada.

Se você quer um bom modelo para sua filha, é melhor esquecer completamente a indústria do entretenimento.

Tags:
EntretenimentoJovensSociedade
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia