Aleteia
Sexta-feira 23 Outubro |
São Paulo Tong Viet Buong
Religião

Francisco deixa tarefa de casa aos fiéis: descobrir a data do próprio batismo

© VINCENZO PINTO / AFP

Aleteia Vaticano - publicado em 14/11/13

Na audiência dessa quarta-feira, Francisco também recordou as vítimas do tufão nas Filipinas e as do atentado em Damasco

Mais uma quarta-feira, mais uma grande multidão de fiéis na praça de São Pedro aguardando a chegada do papa. E apesar da temperatura que começa a cair nesta época na Cidade Eterna, o que não cai é o entusiasmo e a alegria das pessoas ao verem passar o papamóvel. O santo padre continua dando atenção especial às crianças durante os percursos pelos corredores improvisados no meio da multidão, pegando-as nos braços e dando-lhes a sua bênção. Gritos de “Francisco, nós te amamos!” e “Viva o papa!” acompanharam o santo padre enquanto ele saudava os fiéis e recebia alguns presentes que as pessoas lhe entregavam.

Depois da leitura do dia, o papa cumprimentou os peregrinos vindos do mundo inteiro e começou a catequese. Continuando a abordar os ensinamentos do credo, Francisco refletiu hoje sobre a parte "professo um só batismo para a remissão dos pecados" e aprofundou no sentido desta afirmação cristã.

O santo padre perguntou aos fiéis da praça: “Quem de vocês se lembra do dia do seu batismo?”. E deixou uma “tarefa de casa” a todos: perguntar em que data foram batizados, para recordá-la e celebrá-la. O pontífice lembrou que já fez esta pergunta na praça de São Pedro, mas quis insistir no assunto.

Ao resumir a catequese em espanhol, Francisco disse:

“Queridos irmãos e irmãs, hoje nos concentramos no artigo do credo que diz: ‘Professo um só batismo para a remissão dos pecados’. O batismo é a porta da fé e a fonte da vida cristã, da nossa relação de filhos com Deus e com os irmãos, assim como o ponto de partida de um caminho de conversão que dura toda a vida. Este sacramento constitui uma verdadeira imersão na morte de Cristo para ressurgirmos com ele em uma nova vida. É um banho de regeneração pela água e pelo Espírito, que nos ilumina com a graça de Cristo para sermos também nós luz para os outros. No batismo, a misericórdia de Deus intervém de modo poderoso para nos salvar e para perdoar os nossos pecados, abrindo-nos as portas para uma nova vida. No entanto, ele não diminui a nossa responsabilidade e o nosso esforço na luta de cada dia contra os impulsos do mal e contra a ação de Satanás, que estão sempre à nossa espreita. Irmãos, somos conscientes de que o batismo é a fonte da nossa relação com Deus? O batismo é importante para nós? Pensamos com frequência sobre este presente? Sabemos o dia em que fomos batizados? Confio no amor de Cristo, que habita no mais profundo do meu coração?”.

Antes de encerrar a audiência, o santo padre manifestou a sua dor pelo atentado em Damasco, em que várias crianças ficaram feridas e outras morreram, juntamente com o motorista do ônibus que as trazia da escola. E suplicou: "Por favor, estas tragédias não podem acontecer nunca! Vamos rezar com força!". Francisco recordou também que "estamos rezando e unindo as forças para ajudar os nossos irmãos e irmãs das Filipinas, flagelados pelo tufão […] Estas são as verdadeiras batalhas a combater: pela vida, nunca pela morte!".

Ao resumi-la em português, o Papa disse:

Queridos irmãos e irmãs,

A porta da fé e da vida cristã é o Batismo. Este é o único Sacramento referido no Credo. Quando lá dizemos que “professo um só Batismo para a remissão dos pecados”, afirmamos que este sacramento é, em certo sentido, a carteira de identidade do cristão: um novo nascimento, o ponto de partida de um caminho de conversão, que se estende por toda a vida. Este novo nascimento se dá através de uma verdadeira imersão espiritual na morte de Cristo – batismo significa imersão –, para que possamos ressuscitar com Ele para uma vida nova. Assim, o Batismo representa uma poderosa intervenção da misericórdia divina na nossa vida, que nos garante o perdão de todos os pecados: do pecado original e de todos os pecados pessoais. Contudo, como permanece a fragilidade da nossa natureza humana, é preciso humildemente renovar e consolidar este perdão, por meio do sacramento da Penitência. Desse modo manteremos sempre limpa a veste branca da nossa dignidade cristã!

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Tags:
Audiência GeralPapa Francisco
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
nuvens sinais
Reportagem local
Estão sendo fotografados "sinais do céu"?
Extremistas queimam igrejas no Chile
Francisco Vêneto
Por que queimam igrejas: Dom Henrique e Pe. J...
Rosário
Philip Kosloski
Benefícios do Rosário: 3 virtudes que aprende...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia