Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Quarta-feira 28 Outubro |
São Sálvio
home iconEstilo de vida
line break icon

A doença do amor

Élison Santos - publicado em 22/11/13

Hoje, movimentos que promovem o individualismo têm sido a grande esperança para a extinção da doença

O amor não tem cura! É uma doença grave que afeta boa parte da população mundial. Não é por acaso que cada vez mais pessoas estão preocupadas em evitar ao máximo qualquer possibilidade de contágio. Os sintomas do amor vão desde uma entrega de si mesmo para o outro até uma preocupação exagerada pela felicidade alheia. É muito comum que as pessoas afetadas pelo amor deixem de ser mesquinhas, egoístas e também invejosas.

Há relatos de pessoas que deixaram o alcoolismo e as drogas só porque amavam alguém. Relatos que geraram a preocupação de muitos setores da sociedade. Evitar ao máximo ouvir a voz do coração é uma das maneiras mais eficazes de manter-se longe deste grande mal que afeta principalmente crianças de todas as idades.

O amor faz com que as pessoas percam tempo no trabalho. Estudos indicam que pessoas que amam são mais propensas a cumprimentar alegremente os colegas de trabalho, enviar mensagens motivacionais e até deixar de fazer uma tarefa para consolar um colega que esteja sofrendo pela morte de um ente querido, uma doença ou um problema de relacionamento. Pessoas afetadas pelo amor tendem a ser mais solicitas e compreensíveis, os chefes que esperam uma atitude de pânico de seus colaboradores diante de discursos autoritários temem perder espaço nas grandes empresas.

Alguns setores tiveram mais sucesso para impedir o contágio do amor em seus membros. Na política, por exemplo, a pessoa que demonstrar qualquer tipo de preocupação com o bem comum relativizando sua preocupação pelos interesses próprios é imediatamente excluída e colocada em quarentena até que seu quadro se normalize e possa retornar às atividades.

Hoje, movimentos que promovem o individualismo têm sido a grande esperança para a extinção da doença. Há centenas de campanhas publicitárias, músicas e programas de TV que buscam ser o remédio para as pessoas que estão entorpecidas pelas consequências do amor. Embora a cura seja desconhecida, as tentativas são de ao menos minimizar os efeitos do amor até o ponto que ninguém se sinta na obrigação de fazer outra pessoa feliz. Se você quer ficar distante do amor, filie-se a estes movimentos, afinal de contas quem quer deixar de preocupar-se consigo mesmo para preocupar-se com a felicidade dos outros?

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Tags:
Amor
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
No colo de Maria
Como rezar o terço? Um guia ilustrado
Pe. Zezinho
Francisco Vêneto
Duas emissoras brasileiras deturpam fatos em ...
Reportagem local
Corpo incorrupto de Santa Bernadette: o que o...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia