Aleteia
Sexta-feira 23 Outubro |
São Paulo Tong Viet Buong
Religião

Leigos holandeses pedem ajuda ao Papa

© ServizioFotograficoOR/CPP

<span class="standardtextnolink">December 2, 2013 : Pope Francis pose with the Bishops of the Episcopal Conference of the Netherlands during their visit &quot;ad limina Apostolorum&quot; in the Vatican.<br /> EDITORIAL USE ONLY. NOT FOR SALE FOR MARKETING OR ADVERTISING CAMPAIGNS.</span>

IHU - publicado em 04/12/13

Cerca de 1.300 paróquias serão extintas, milhares de edifícios eclesiásticos serão demolidos

Por Marco Tosatti, em Vatican Insider. Tradução do Cepat.

Nesta segunda (02-12) o Papa recebeu em visita “ad Limina” os bispos da Holanda. A reunião, inicialmente marcada para a quinta-feira, 5 de dezembro, foi antecipada. Durante a semana, também se realizada a reunião, a segunda, entre os oito cardeais conselheiros do Papa para a reforma da Cúria, de forma que a carga de trabalho é tanta que não será possível conceder aos bispos holandeses um encontro individual com o Pontífice.

Paralela à visita em Roma, houve uma marcante iniciativa por parte dos milhares de católicos holandeses, que emitiram um comunicado e prepararam um documento dirigido ao Papa Francisco, intitulado “Ad Limina Apostolorum”. A situação da Igreja na Holanda (foto), difícil há décadas, parece viver uma nova crise que provoca “preocupações” em relação à “direção alarmante que a Igreja holandesa, tomada por dificuldades, tem tomado nos últimos anos”, escrevem os leigos.

Muitos deles participam ativamente nos setores científicos, acadêmicos, técnicos e no mundo dos negócios e percebem que atualmente a fé “católica, a cultura, seu patrimônio e sua herança, correm o risco de se perderem para sempre”. A impressão é de que a Igreja do país “está à deriva”, desta forma, decidiu-se lançar esta iniciativa, sem precedentes desde os tempos do Concílio Vaticano II. “Dois grupos de leigos decidiram unir suas forças, resolutos a se fazer escutar à luz de um novo curso de ‘discernimento, purificação e reforma’, como destacava a ‘Evangelii gaudium’”.

Assim, a Bezield Verband Utrecht (BVU), que tem mais de 4.000 associados e muito mais seguidores, como pode ser observado revisando as visitas que recebe em seu sítio, se uniu ao “Professorsmanifest” (PM). Este último é uma plataforma acadêmica que compreende mais de 60 professores de todas as universidades holandesas. “Há duas semanas, o grupo, em um gesto que pretende demonstrar seu constante apoio ao Papa, mostrou-se de acordo em trabalhar com a BVU na preparação de um amplo relatório intitulado ‘Ad Limina Apostolorum’”.

O relatório foi enviado ao Pontífice. Nele os leigos acusam os bispos de “terem escolhido se retirar de suas obrigações e responsabilidades com seu rebanho, citando uma longa lista de obstáculos sociais que são impasses ou que não se quer enfrentar”. Em particular, parece alarmante, segundo os leigos, o programa de suspensão das paróquias, fechamentos, vendas de bens eclesiásticos e Igrejas. Os bispos querem criar novas mega-paróquias chamadas “Centros eucarísticos”, dirigidos por “equipes de administradores” nomeados pelos bispos com um sacerdote. Estas mega-paróquias também serão chamadas de “lugares de esperança”.

Cerca de 1.300 paróquias serão extintas, milhares de edifícios eclesiásticos serão demolidos. “Há uma percepção generalizada – escrevem os leigos – de que estas ações são conduzidas com a ausência dos procedimentos prescritos relacionados com a alienação dos bens temporais, estabelecidos pelo código da Igreja”. Estas medidas foram tomadas contra a vontade dos paroquianos, muitos dos quais sentem “terem sido marginalizados e privados de seus direitos em suas próprias Igrejas”. De acordo com sua opinião, que pode ser lida nos documentos, os bispos são responsáveis por aplicar uma política de “secularização agressiva”.

E esta política, indica o relatório, teria nascido devido a uma “cultura do medo” que desmoraliza os crentes e ameaça a fé. A conclusão: “unidos, juntos na fé em Cristo e na devoção à Igreja católica universal, estamos determinados a parar a tendência de fazer calar a fé, para restaurar uma ordem justa na Igreja”. Por isso, propôs-se encontrar uma solução aos problemas com um diálogo aberto, objetivo, honesto e verdadeiro.

(IHU)

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Tags:
Bisposleigos
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
nuvens sinais
Reportagem local
Estão sendo fotografados "sinais do céu"?
Extremistas queimam igrejas no Chile
Francisco Vêneto
Por que queimam igrejas: Dom Henrique e Pe. J...
Rosário
Philip Kosloski
Benefícios do Rosário: 3 virtudes que aprende...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia