Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Quarta-feira 14 Abril |
São Telmo
home iconReligião
line break icon

Papa Francisco revela que já trabalhou como porteiro de balada

Aleteia Vaticano - publicado em 04/12/13

Ao comentar este fato entre os paroquianos de Roma, ele citou outro "porteiro": São Pedro!

Já sabíamos que o Papa sempre foi amante do futebol e da música, e que, em sua juventude, ele fez parte da equipe de limpeza de uma fábrica de meias na qual seu pai era contador.

Também era conhecido que, entre os 14 e os 19 anos, ele tinha trabalhado em um laboratório químico. Detalhes como estes humanizam a vida de um pontífice. Lembremos que também Karol Wojtyla, antes de ser João Paulo II, trabalhou em uma fábrica química, o que lhe permitiu conhecer melhor a realidade dos operários.

Mas o que ainda não sabíamos, e o que Papa Francisco contou (e foi publicado pelo jornal “L’Osservatore Romano”), é que o jovem Jorge Bergoglio foi porteiro de uma balada em Buenos Aires.

Este é “um antecedente estranho na vida de um pontífice”, escreve o jornal argentino “La Nación”. Mas teologicamente não é tão estranho, afinal, São Pedro também é um “porteiro”: foi a ele que Jesus deu as chaves do céu.

E as chaves são precisamente o símbolo do papado, escolhido pelo próprio Cristo. É um símbolo que passa de um papa a outro, assim como, na corte de Davi, as chaves passavam de pai para filho (cf. Isaías 22, 22).

Foi o próprio Papa Francisco quem fez esta confissão, ao conversar informalmente com os fiéis da igreja de São Cirilo de Alexandria, depois de celebrar a Missa e confirmar 9 jovens no início do seu pontificado.

O “L’Osservatore Romano” publicou uma crônica intitulada: “Uma visita fora dos esquemas”, na qual o Papa comentou vários detalhes pessoais: que foi batizado no dia do Natal de 1936 (8 dias após o seu nascimento), que foi professor de literatura e psicologia (no Colégio da Imaculada Conceição, de Santa Fé) e que havia trabalhado de “buttafuori” (termo utilizado por ele, em italiano), ou seja, porteiro de uma casa noturna.

Mas será que esta experiência foi útil na vida do futuro Pontífice?

Ele disse que sim, mas não pelo poder de deixar as pessoas entrarem ou barrá-las na porta, e sim porque este emprego o ajudou a entender mais as pessoas e a comunicar-se melhor com elas também.

Francisco contou que estas experiências lhe serviram para entender como motivar uma pessoa a voltar para a Igreja, quando ela está afastada. “Como diz São Pedro, é preciso estar sempre preparados para dar uma explicação a quem pede uma razão para ter esperança”, explicou o Papa, citando seu primeiro predecessor como “porteiro” do céu.

O Santo Padre também comentou aos paroquianos que descobriu sua vocação em um dia da primavera de 1953, quando se confessou com um padre desconhecido na igreja de San José de Flores, seu bairro.

“Os melhores confessores são os padres desconhecidos ou surdos”, brincou.

Uma paroquiana lhe perguntou como ela deveria rezar por um jovem parente que ia entrar no noviciado franciscano. “Peça a Deus que lhe dê perseverança para que ele siga adiante, mas também que lhe dê coragem para voltar atrás, se ele perceber que não está no caminho certo”, aconselhou o Papa.

(Artigo de P. J. Ginés, publicado originalmente por Religión en Libertad)

Tags:
Papa Francisco
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
PRINCE PHILIP
Cerith Gardiner
11 fatos interessantes sobre o falecido príncipe Philip
2
MIGRANT
Jesús V. Picón
O menino perdido no deserto nos convida a refletir
3
DIVINE MERCY
Reportagem local
Como obter indulgência plenária no Domingo da Divina Misericórdia...
4
LOVE AND MERCY FILM
Aleteia Brasil
O filme sobre Santa Faustina e a Divina Misericórdia já está disp...
5
Pe. Gabriel Vila Verde
Reportagem local
Ditadores proibiram missas ao longo da história, recorda pe. Gabr...
6
Jim Caviezel
J-P Mauro
Jim Caviezel fez o que pode ser considerado um dos maiores discur...
7
Aleteia Brasil
Havia um santo a bordo do Titanic?
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia