Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Quinta-feira 29 Julho |
Santa Marta
home iconAtualidade
line break icon

A Igreja em busca da feminilidade

Johan Larsson

Patricia Navas González - publicado em 05/12/13

A sensibilidade das mulheres contribui para uma melhor compreensão da graça, da ternura e do amor que Deus tem a cada um de nós

Ainda há muito por esclarecer, hoje, sobre as características próprias da feminilidade – chamada por João Paulo II de "gênio feminino" – e sobre a contribuição das mulheres na Igreja e na sociedade, como o Papa Francisco já destacou diversas vezes.

"As reivindicações dos legítimos direitos das mulheres, a partir da firme convicção de que homens e mulheres têm a mesma dignidade, colocam à Igreja questões profundas que a desafiam e não se podem iludir superficialmente", reconhece o Papa Francisco na recente exortação "Evangelii gaudium" (n. 104).

Já na viagem de volta do Brasil, em 28 de julho, respondendo aos jornalistas no avião, o Bispo de Roma disse: "Não podemos limitar o papel das mulheres na Igreja ao de coroinha ou de presidente de uma entidade beneficente, não! Deve haver mais, deve haver uma profunda teologia da mulher".

O próprio Papa ofereceu sua contribuição pessoal nesta busca do que é característico da mulher. Em seu discurso aos participantes do seminário organizado pelo Conselho Pontifício para os Leigos, no 25º aniversário da "Mulieris dignitatem", em 12 de outubro, ele destacou a particular sensibilidade das mulheres com relação às coisas de Deus, especialmente na ajuda a uma melhor compreensão da graça, da ternura e do amor que Deus tem a cada um de nós.

Para o Papa Francisco, a função da mulher não se reduz a uma atividade concreta. Ele fala de um jeito de ser: de ser ícone de Maria.

Neste sentido, Núria Calduch-Benages, professora da Universidade Gregoriana, sublinha a necessidade de promover – sem jamais desvalorizar valores como a maternidade e a virgindade – os dons intelectuais, espirituais e pastorais que as mulheres podem oferecer à Igreja.

"São muitos! – disse à Aleteia. O que falta na Igreja é uma presença mais incisiva da mulher, sobretudo nos lugares em que as decisões importantes são tomadas; a questão de fundo continua sendo a exclusão das mulheres do exercício da autoridade na Igreja."

Núria também destacou a "impressionante e indiscutível" contribuição das mulheres na Igreja ao longo da história, afirmando que "o feminismo conseguiu unir milhares de mulheres do mundo inteiro na luta por uma sociedade mais digna e mais justa, na qual os direitos humanos sejam respeitados acima de tudo".

O Papa Francisco recordou, entre outras coisas, que Maria é mais importante que os apóstolos. Mas o que isso significa no âmbito da Igreja e da vida social? A esta pergunta respondeu o núncio apostólico no Iraque e na Jordânia, Giorgio Lingua, no dia 25 de setembro, em Amã (Jordânia), em seu discurso de boas-vindas ao congresso "Mulheres crentes ao serviço da vida, da dignidade e do bem comum".

"Significa que ser cristão é mais importante que o papel, a função que a pessoa desempenha na comunidade – afirmou Dom Giorgio. Significa que o sacerdócio comum (que todos nós recebemos no Batismo) é mais importante que o sacerdócio ministerial; significa que a caridade é mais valiosa que a autoridade; significa que o testemunho é mais valioso que as palavras; significa que "ser" é mais importante que "fazer", e que o serviço é mais importante que o poder."

Muitas coisas poderiam ser ditas sobre a essência da mulher, mas só uma mulher que vive sua feminilidade será capaz de transmitir esta essência, de permitir que os outros percebam o que é o "gênio feminino". Por isso, a tarefa de apresentar e promover uma teologia da mulher depende em particular das mulheres, destacou o núncio.

Segundo Dom Giorgio, as mulheres são as que melhor podem chegar a apresentar "uma teologia do ponto de vista da mulher, com sua sensibilidade, sua inteligência, sua metodologia, sua diversidade".

Com relação ao jeito feminino de levar o Evangelho, o núncio apontou que "uma peculiaridade das mulheres na evangelização é precisamente esta: dar a Palavra – a Palavra de Deus, certamente; porém, muito mais que por meio de 'palavras', elas podem fazê-lo por meio da vida, por meio do seu testemunho".

Tags:
IgrejaMulherPapa Francisco
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
Ítalo Ferreira
Reportagem local
Ouro no surfe em Tóquio, Ítalo Ferreira rezou todos os dias às 3h...
2
CROSS;
Reportagem local
O que significa o sinal da cruz feito sobre a testa, os lábios e ...
3
CANDLELIGHT PROCESSION AND ROSARY
Elizabeth Zuranski
A oração escondida no fim da Ave-Maria
4
menino Lázaro curado câncer
Aleteia Brasil
Brasil: família testemunha cura de menino com câncer por interces...
5
st charbel
Reportagem local
Por acaso não está acontecendo o que São Charbel disse?
6
Padre Zezinho
Reportagem local
Cura pela televisão é possível? Pe. Zezinho desmascara manipulaçõ...
7
Reportagem local
A arrepiante oração de uma mulher no corredor da morte por ser ca...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia