Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Terça-feira 03 Agosto |
home iconAtualidade
line break icon

ONU espera que Síria remova armas químicas até junho

AFP

Agência Brasil - publicado em 10/01/14

A Síria renunciou aos materiais necessários para construção de armas químicas

Apesar do atual atraso na eliminação das armas químicas sírias, o Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU) espera que não haja adiamento no prazo final de 30 de junho para a total remoção desses materiais, disse a chefe da missão conjunta da Organização para a Proibição das Armas Químicas (Opaq) e da ONU, Sigrid Kaag.

A remoção dos materiais mais críticos, para posterior destruição em águas internacionais, começou na terça-feira (7), uma semana após o prazo definido inicialmente por meio de acordo entre Rússia e Estados Unidos. Pelo acordo, a Síria renunciou aos materiais necessários para construção de armas químicas e se juntou à Convenção sobre a Proibição do Desenvolvimento, Produção, Armazenagem e Utilização de Armas Químicas e sobre sua Destruição.

Sigrid disse que há desafios que poderiam impedir a missão. “Também temos de lembrar que a Síria é um país em guerra, a situação de segurança pode mudar de um dia para o outro”, destacou a chefe da missão, citando desafios de logística, entre outros, que atrasaram a obtenção dos equipamentos necessários, como uma greve e um bloqueio da fronteira por causa da neve.

Na remoção de terça-feira, uma primeira quantidade de materiais químicos prioritários foi retirada de dois lugares para o porto sírio de Latakia, onde foi carregada em uma embarcação comercial que navegou para águas internacionais com escolta naval da Dinamarca, Noruega e Síria.

Os agentes químicos de Prioridade 1 serão destruídos no mar a bordo de um navio dos Estados Unidos. A segurança marítima envolve ainda China e Rússia.

Materiais de prioridade menor serão levados para locais em terra, fora da Síria, para destruição em países que concordaram em aceitá-los.

Tags:
Mundo
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Top 10
1
Batizado de Davi Henrique, 6 anos
Reportagem local
Davi, de 6 anos, reclama do padre no batizado: “Tá sabendo ...
2
Sintomas da depressão
Reportagem local
8 sintomas físicos da depressão: fique atento a si mesmo e ao seu...
3
Reportagem local
Gritos levam polícia à casa de dois idosos, que choravam copiosam...
4
SIMONE BILES
Cerith Gardiner
Simone Biles deixa as Olimpíadas com uma lição importante para to...
5
Philip Kosloski
Mesmo com ouro e glória, Michael Phelps foi ao fundo do poço – ma...
6
Pessoa idosa rezando o terço
Reportagem local
Brasil: carta de despedida de bisavó de 96 anos comove as redes s...
7
HIDILYN DIAZ
Cerith Gardiner
Olimpíadas: depois de ganhar o ouro, atleta exibe outra medalha e...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia