Aleteia logoAleteia logoAleteia
Sábado 02 Março |
Aleteia logo
Estilo de vida
separateurCreated with Sketch.

O que dá sentido à vida?

Man Praying – pt

© SC Designs/SHUTTERSTOCK

Carlos Padilla Esteban - publicado em 21/01/14

Entregá-la a Deus e fazer sua vontade

Nossa vida consiste em anunciar Jesus de forma convincente. Porque o mundo de hoje busca certezas, espera coerência, quer testemunhos autênticos. O mundo precisa de nós.

Lope de Vega escreveu:

Que tenho eu que minha amizade procuras?
Que interesse te segue, meu Jesus
que a minha porta, coberto de rocio,
passas as noites de inverno escuras?
Oh, quanto foram minhas entranhas duras,
pois não te abri! Que estranho desvario
se de minha ingratidão o gelo frio
secou as chagas de teus pés tão puras!
Quantas vezes o anjo me dizia:
Alma, apareça agora à janela,
verás com quanto amor chamar confia!
E quantas, formosura soberana:
Amanhã te abriremos – respondia –,
para o mesmo responder amanhã!

Jesus vem nos buscar, permanece à nossa porta, nos chama. Nós muitas vezes o deixamos esperando. Repetimos recentemente no salmo: "Aqui estou, Senhor, para fazer a tua vontade" (Salmo 39, 2).

Sabemos que o Senhor precisa de nós como instrumentos seus. O Pe. Kentenick dizia que "a nobreza do ser humano reside na liberdade que se entrega sempre, por livre escolha e vontade, aos desejos do Amor Eterno, inclusive os mínimos. E reside em sua colaboração na obra de redenção do Amor Eterno, por livre escolha e vontade".

Colaboração livre. Maria nos ensina o caminho. Ela nos serena em nossas perguntas. O lema que marca e define nossa aliança com Maria é "nada sem ti, nada sem nós".

Continua o Pe. Kentenick: "Certamente, Deus está por trás de tudo, mas nós devemos fazer a nossa parte". Nossa parte. Sim: Deus coloca a sua e nós, a nossa. Fazer sua vontade para que nossa vida tenha sentido pleno. Fazer que nossa vida se assemelhe à de Cristo.

E o Papa Francisco nos disse, em sua exortação apostólica "Evangelii gaudium": "A salvação, que Deus nos oferece, é obra da sua misericórdia. Não há ação humana, por melhor que seja, que nos faça merecer tão grande dom. Por pura graça, Deus atrai-nos para nos unir a Si".

Mas, ainda assim, Deus precisa das nossas obras. Nosso "sim" pronunciado com humildade, nossa entrega contínua e pacífica. Nós não nos salvamos só com o nosso esforço. Deus nos levanta com a sua graça, com esse seu amor que nos eleva e salva.

Mas Ele precisa que nos coloquemos ao seu serviço – conscientes de que nosso serviço não é o elemento mais importante, mas é único. Não é o mais vistoso, nem o que todos reconhecerão.

Talvez, como João, teremos a única missão de mostrar Jesus em meio às pessoas. Lá onde muitos não esperam encontrá-lo. Nossa vida só vale a pena quando a entregamos onde Deus nos coloca para ser fecundos.

É o mistério desses planos de Deus que não compreendemos completamente. Não importa. Deus só quer que sejamos fiéis, como João, a essa voz do Espírito que nos fala do amor que o Pai tem por nós.

Tags:
Sentido da vida
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia