Aleteia logoAleteia logoAleteia
Sexta-feira 23 Fevereiro |
Aleteia logo
Atualidade
separateurCreated with Sketch.

Dez razões que fazem a Marcha pela Vida ser tão importante

Marche pour la Vie à Washington – pt

Jeffrey Bruno

Pe. Dwight Longenecker - Aleteia Vaticano - publicado em 24/01/14

Manifestação norte-americana é o mais duradouro movimento de protesto pelos direitos humanos da história

Nesta semana, vou me unir a dezenas de milhares de outros norte-americanos na Marcha pela Vida. A Marcha pela Vida cresce em número e em importância a cada ano que passa. Hoje, mais de quarenta anos depois que a Suprema Corte legalizou o aborto nos Estados Unidos, a Marcha pela Vida representa a luta que está sendo travada pelo coração da América do futuro.

Compartilho dez razões pelas quais a Marcha pela Vida é tão vital para nós:

1. A Marcha pela Vida é enorme. Todos os anos, Washington se vê tomada por multidões que, no ano passado, superaram meio milhão de pessoas. É certamente a maior marcha de protesto que Washington vê ano após ano. E é o mais antigo e persistente movimento de protesto que o mundo já viu.

2. A Marcha pela Vida continua crescendo. Não só crescem a cada ano os números de Washington, mas outras marchas estão surgindo nos Estados Unidos e em todo o mundo. A Caminhada pela Vida na Costa Oeste será realizada em San Francisco. No ano passado, 50.000 pessoas compareceram; neste 25 de janeiro, mais participantes são esperados. Dallas abriga outra grande multidão, tanto que a missa de lá terá que ser transferida para o Centro de Convenções a fim de acomodar a todos. Na Flórida, a marcha acontece em St. Augustine. E muitas outras ocorrem em capitais de Estados de todo o país.

3. A Marcha pela Vida é pacífica. Eu participei da Marcha pela Vida quatro vezes nos últimos sete anos. Todas as vezes, a capital da nação é invadida por cidadãos alegres, pacíficos e confiantes. Como em outros protestos, o nível passional é alto, mas a Marcha pela Vida é diferente porque não tem fúria nem violência. A postura da polícia é sempre moderada e não há necessidade de confronto.

4. A Marcha pela Vida é proativa. Os manifestantes representam um movimento ativista difundido pelos Estados Unidos. Enquanto a marcha em si acontece apenas durante uma manhã de janeiro, o movimento pró-vida permanece ativo no país todo mediante uma infinidade de manifestações: programas educativos, comunicação e mídia, estudos acadêmicos e médicos, ativismo jurídico, legislação e participação política. O movimento pró-vida é uma força com a qual podemos contar sempre.

5. A Marcha pela Vida é popular. Não é um movimento organizado por lobistas bem financiados, por governos ou por multinacionais preocupadas com grandes negócios. A Marcha pela Vida é um movimento do povo: ônibus chegam a Washington vindos de igrejas, escolas e comunidades de todo o país, trazendo alunos, famílias, crianças e idosos “normais”. É a democracia em ação, com pessoas comuns fazendo ouvir a sua voz.

6. A Marcha pela Vida é positiva. Os defensores da vida representam o positivo: a bondade, a verdade e a beleza da vida humana desde a concepção até a morte natural. Quem defende o aborto, mesmo alegando como causa a saúde reprodutiva das mulheres, faz campanha pela morte. Uma causa positiva é uma causa em prol de algo. Uma causa negativa é vazia.

7. A Marcha pela Vida é ecumênica. Os católicos predominam, mas fica claro que a questão vai além de convicções religiosas. É maravilhoso ver cartazes proclamando "Ateus pela Vida", "Judeus pela Vida", "Muçulmanos pela Vida" e "Feministas pela Vida". A vida humana transcende as divisões religiosas. A Marcha pela Vida é uma prova disso.

8. A Marcha pela Vida é jovem. A grande maioria dos manifestantes em Washington não é grisalha, não representa o último suspiro da raiva contra a Suprema Corte por causa de uma decisão de quarenta anos atrás. Os manifestantes são jovens que nem se lembram da luta original. Os manifestantes, em si mesmos, representam o futuro.

9. A Marcha pela Vida é cheia de esperança. Os rostos jovens da Marcha pela Vida representam um futuro brilhante e alegre para os EUA e para o mundo. Crianças e jovens não são apenas a esperança do futuro: eles são a esperança do presente. Todos nós aprendemos com a beleza, com a energia e com o zelo dos jovens.

10. A Marcha pela Vida triunfará. A causa pró-vida triunfará. Os jovens que se opõem ao aborto são muitos para garantir o triunfo. O progresso do conhecimento médico e científico sobre os primeiros estágios da gravidez favorecem o lado pró-vida. A diminuição contínua de médicos e enfermeiros favoráveis ao aborto e a crescente onda jurídica para limitar o aborto e restringir o acesso a ele acabarão virando a maré. A Marcha pela Vida nos EUA terá sido, então, um dos elementos-chave em uma decisão humana que será tão importante historicamente quanto a abolição da escravatura.

Tags:
AbortoVida
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia