Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Sexta-feira 30 Outubro |
Santo Angelo de Acri
home iconEstilo de vida
line break icon

Qual é o sentido da renúncia?

abouna.org

Carlos Padilla Esteban - publicado em 07/02/14

Às vezes achamos que a renúncia significa apenas dor, ausência, perda, uma falta de plenitude que não tem sentido algum

Atualmente, muitas mães renunciam a estar com seus filhos para morar em outro lugar e ganhar um salário suficiente para sua educação futura. Este é um exemplo de como a renúncia é geradora de vida, ainda que traga consigo muita dor para ambas as partes.


Às vezes achamos que a renúncia significa apenas dor, ausência, perda, uma falta de plenitude que não tem sentido. Mas o plano de Deus encaixa tudo, ainda que na terra nos custe compreender sua vontade.


A renúncia é fonte de vida no coração de Deus: a renúncia de Maria foi para cuidar de Jesus; a renúncia de Jesus foi para salvar os homens; a renúncia de tantos santos ao longo da história da Igreja é uma renúncia feita no coração de Deus, com humildade, docilidade, para dar vida, para ser fecunda.


Muitas pessoas recebem a vida de uma pessoa capaz de renunciar, por amor, a si mesma, aos seus planos, ao seu próprio caminho de felicidade, de autorrealização como pessoa – essa autorrealização que hoje em dia parece sagrada para todo mundo.


Atualmente, muitas pessoas buscam a si mesmas tentando realizar-se, encontrar o melhor lugar para desenvolver seus talentos e capacidades; reclamam quando não têm o emprego dos sonhos, a melhor casa, o melhor país… Quando seus sonhos não se realizam, elas não entendem que a renúncia pode ter um valor.


No entanto, também há pessoas capazes de renunciar por amor, de colocar a si mesmas em segundo lugar – como essas mulheres fortes que aprendem a viver em solidão para que seus filhos tenham uma boa educação e possam trilhar seu caminho. Entregam o que mais amam e aprendem, assim, a amar no silêncio, na solidão, muitas vezes na distância. Aprendem a educar de joelhos, como tantas outras mães, quando se sentem impotentes na hora de educar seus filhos.


Essa entrega pode ser o início de algo grande. Talvez de maneira pouco consciente, de forma simples e humilde. Mas podem mudar a vida para sempre.

Renúncias assim nos fazem perguntar-nos se nós também somos capazes de renunciar, de colocar-nos em segundo plano, de alegrar-nos quando outros podem seguir seus caminhos e encontrar a felicidade, enquanto nós permanecemos ocultos.


Maria é um modelo a seguir. Ela aceitou a condição de serva, dando vida às palavras "Faça-se em mim segundo a tua palavra". Ela se retirou, deixou que Jesus se fizesse carne em sua vida e mudasse para sempre seu caminho, seu destino, o rumo dos seus passos, seus próprios planos de vida. Trata-se de ser capazes de negar a nós mesmos para poder afirmar os outros.


"Sem lagar, não há vinho", dizia o Pe. Kentenich. "Se o grão de trigo não cai na terra e morre, fica só", diz Jesus. Renunciar a nós mesmos só tem sentido se for para que outros tenham vida em abundância. Este é o sentido de toda renúncia: uma morte para dar vida. Que os outros tenham mais vida, uma vida verdadeira e plena.


Nosso caminho de plenitude passa pelo caminho de plenitude daqueles a quem amamos.


E você, valoriza a renúncia? Entende que ela pode ser fonte de vida e fecundidade?


A que coisas você renuncia por amor?

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Tags:
AmorDeusrenuncia
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
OLD WOMAN, WRITING
Cerith Gardiner
A carta de uma irlandesa de 107 anos sobre co...
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
Reportagem local
Corpo incorrupto de Santa Bernadette: o que o...
No colo de Maria
Como rezar o terço? Um guia ilustrado
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia