Aleteia
Terça-feira 20 Outubro |
São Cornélio
Religião

As três lições de Bento XVI

©ALESSIA GIULIANI/CPP

Jesús Colina - Il Sismografo - publicado em 12/02/14

O papado de Francisco deve muito à renúncia profética de Ratzinger

No início de fevereiro do ano passado, ninguém podia imaginar. As notícias sobre o Papa se concentravam no “Vatileaks”, um episódio que fez Bento XVI “sofrer injustamente e, com ele, muitas pessoas”, segundo explicou alguns dias atrás o cardeal Pietro Parolin.

Doze meses depois, o Papa Francisco foi eleito o personagem do ano pela revista Time, e o Facebook reconheceu que ele foi o trending topic do ano. Inclusive na Rússia, o nível de consenso sobre este Papa supera 71%, algo sem precedentes na história.

Mas como isso foi possível? A resposta está na renúncia profética de Bento XVI. Aqui estão as três lições que o Papa emérito deixa para a Igreja:

Primeira lição: uma Igreja humilde

A mansidão do gesto de renúncia de Bento XVI mostrou como a credibilidade da Igreja não procede do poder ou da influência política ou econômica. A credibilidade da Igreja depende de seu apego à verdade. E, como dizia Santa Teresa de Jesus, a humildade é a verdade. O mundo rendeu-se perante o gesto de humildade, baseado na verdade.

Segunda lição: uma Igreja que arrisca

Em segundo lugar, Bento XVI mostrou de maneira evidente o que já disse o Papa Francisco: “prefiro mil vezes uma Igreja acidentada a uma Igreja fechada e doente”. O primeiro gesto de renúncia de um papa em uma época moderna estava cheio de questionamentos e perigos. Se fosse submetido a uma consulta de cardeais, seguramente a maioria teria desaconselhado. Os fatos demonstram, um ano depois, a grandeza dessa frase de Bergoglio, que Bento XVI viveu na própria pele.

Terceira lição: uma Igreja com fé

Se alguém tivesse previsto no início do ano passado o que estaria por vir, seria considerado louco. Com sua renúncia, Bento XVI mostrou que quem governa a barca de Pedro não é um homem com nome e sobrenome. Quando a Igreja vive a fé até o fim, experimenta uma força regeneradora inusitada: é a força de Jesus de Nazaré, Deus feito homem para aquele que crê.

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Tags:
Bento XVIIgrejarenuncia
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
st charbel
Reportagem local
Por acaso não está acontecendo o que São Char...
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
Ellen Mady
Para Jesus não existe novena melhor do que es...
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
ícone São Lucas Nossa Senhora Jesus médico
Reportagem local
Oração a São Lucas, evangelista e médico, pel...
No colo de Maria
Como rezar o terço? Um guia ilustrado
JENNIFER CHRISTIE
Jennifer Christie
Fui estuprada numa viagem a trabalho - e meu ...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia