Aleteia logoAleteia logoAleteia
Domingo 03 Março |
Aleteia logo
Atualidade
separateurCreated with Sketch.

Anistia Internacional: Venezuela não respeita direito a protestos pacíficos

A demonstrator holds a Venezuelan flag in front of riot policemen – pt

© JUAN BARRETO / AFP

VENEZUELA, Caracas : A demonstrator holds a Venezuelan flag in front of riot policemen during an opposition demo against the government of Venezuelan President Nicolas Maduro, in Caracas on February 12, 2014. Unidentified assailants on a motorcycle fired into a crowd of anti-government protesters, wounding at least two people. 

Agência Brasil - publicado em 19/02/14

Todos têm o direito à expressão”, disse o secretário-geral da Anistia Internacional, Salil Shetty

A Anistia Internacional disse ontem (18) que o governo da Venezuela não está “respeitando o direito aos protestos pacíficos” de seus opositores e pediu que o governo do país respeite a “livre expressão” dos grupos críticos ao presidente Nicolás Maduro.

“A causa da luta do governo da Venezuela é importante, é pela justiça social, mas isso não pode ser feito sem que se respeite os direitos humanos, inclusive quando se fala dos opositores. Todos têm o direito à expressão”, disse o secretário-geral da Anistia Internacional, Salil Shetty, à imprensa no México.

Na visão da  Anistia Internacional, o Estado venezuelano não respeitou o direito aos protestos pacíficos. “Observamos que  o governo da Venezuela desrespeitou liberdades fundamentais, como a da expressão, reunião e associação, e nós somos muito críticos com isso”, disse Shetty.

O secretário-geral disse que o governo do país acredita que representa os segmentos mais pobres da Venezuela e que luta contra uma “desigualdade histórica”. “Mas isso não implica em sacrificar os direitos de seus rivais políticos”.

(Agência Brasil)

Tags:
MundoPolíticaViolência
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia