Aleteia
Quarta-feira 21 Outubro |
São Bertoldo de Parma
Atualidade

Coreia do Norte acusada por crimes contra a humanidade

© Public Domain

Aleteia Brasil - publicado em 19/02/14

ONU compara crimes coreanos aos cometidos durante a Segunda Guerra

Na última segunda-feira (17), a ONU acusou a Coreia do Norte de ter realizado crimes contra a humanidade por meio de “violações sistemáticas, difusas e graves dos direitos humanos”.

O documento, de 372 páginas, recolhe testemunhos de cerca de 320 pessoas, entre ex-detentos dos campos de concentração e prisioneiros políticos cuja existência é negada pelo regime de Pyongyang, mas as imagens de satélites comprovam os fatos. Segundo investigadores, cerca de 80 a 120 mil pessoas são atualmente prisioneiras em quatro grandes campos.

O documento informa que centenas de pessoas morrem em condições atrozes: “privação deliberada de alimento, trabalho forçado, execuções, torturas, privação do direito de reprodução, abortos forçados e infanticídios”. Esses crimes são comparados aos cometidos pelos nazistas no período da Segunda Guerra Mundial.

O presidente da comissão, o australiano Michael Kirky, pretende apresentar a situação à Corte Penal Internacional, afirmando que “a gravidade, amplitude e natureza destas violações mostram um país sem nenhum equilíbrio no mundo atual”.

A condenação é unânime da parte dos países da ONU, exceto pela China, que mantem a aliança com a Coreia do Norte e a defende, fato que pode impedir a chegada do apelo à Corte Penal Internacional. Várias associações a favor dos direitos humanos exortaram a China a não opor o veto e os investigadores advertiram Pequim sobre a possibilidade de acusação de “cumplicidade de crimes contra a humanidade”, caso reenvie os exilados à Coreia do Norte.

Giorgio Cuscito, estudioso de geopolítica chinesa e colaborador da revista italiana Limes, disse, em entrevista à Aleteia, que Pequim pode ajudar a Coreia do Norte a melhorar sua situação em relação ao tema de direitos humanos, evitando assim processos internacionais. Pequim pode convencer a Coreia do Norte a melhorar a condição dos detentos e também de seus próprios cidadãos.

Desde que Kim Jong-un assumiu o poder na Coreia do Norte, notícias sobre prisões, torturas e mortes têm se tornado cada vez mais frequentes. Entre elas, a execução do seu próprio tio, Jang Song Thaek, e toda a sua família, sob as ordens do líder coreano. 

Neste vídeo, ex-prisioneiros expõem o horror da vida dentro dos campos de prisão na Coreia do Norte.

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Tags:
História da IgrejaPolítica
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
CARLO ACUTIS
John Burger
Como foram os últimos dias de vida de Carlo A...
violência contra padres no Brasil
Francisco Vêneto
Outubro de cruz para padres no Brasil: um per...
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
No colo de Maria
Como rezar o terço? Um guia ilustrado
Pe. Gilmar
Reportagem local
Padre é encontrado após três dias desaparecid...
CHILE
Reportagem local
Duas igrejas são incendiadas durante protesto...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia