Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Quinta-feira 29 Outubro |
São Colmano
home iconAtualidade
line break icon

Esperança e justiça: precisamos de ambas

Juan Barreto/AFP

Félix J. Palazzi - publicado em 20/02/14

Vivemos em um mundo sem esperança porque mergulhamos no mar da indiferença

À vezes confundimos a noção de esperança com a fuga ou negação da realidade, Mas a esperança é, sobretudo, esperança na justiça: sem a justiça, a esperança se torna uma ilusão; e sem a esperança, a justiça perde toda a sua capacidade de renovar-se.

A esperança não é resultado de um estado emocional ou a projeção dos nossos bons propósitos. Precisamos reconhecer que todos nós esperamos uma mudança na nossa situação atual; para além das tendências políticas ou religiosas, todos ansiamos por uma transformação.

Mas a esperança considerada unicamente como a possibilidade de uma mudança ou uma ação repentina de um líder, de um sistema político ou religioso nos afunda no desespero.

A esperança não pode ser decretada nem imposta. Ela nos motiva a buscar e a construir a justiça – que, evidentemente, não é diretamente equiparável ao nosso sistema jurídico, ou seja, a justiça tem sua expressão em um código jurídico e em suas instituições, mas é muito mais que sua expressão legal, porque sua finalidade é proteger a diferença e garantir que esta exista.

É por isso que só a esperança cria justiça, mas, na injustiça, nossa esperança cresce, porque ela se fortalece quando acolhe a espera do outro.

A esperança nos leva à participação e transformação da realidade. Vivemos em um mundo sem esperança porque nos afundamos no mar da indiferença. A construção de um projeto de nação ou eclesial envolve uma participação de todos, que começa no simples gesto de permitir e acolher a diferença na qual o outro se mostra.

Não há justiça onde não se reconhece e se garante essa diferença, e toda luta pela justiça começa no simples reconhecimento e aceitação do diferente. Tal reconhecimento tem de se tornar real nas relações cotidianas e no fortalecimento de espaços comuns.

A esperança, mais que um estado ilusório, expressa-se na dinâmica da nossa participação na construção de uma realidade na qual a justiça seja possível em todos os âmbitos da nossa vida.

Recordemos as palavras de Bento XVI: "Mas o esforço quotidiano pela continuação da nossa vida e pelo futuro da comunidade cansa-nos ou transforma-se em fanatismo, se não nos ilumina a luz daquela grande esperança que não pode ser destruída sequer pelos pequenos fracassos e pela falência em vicissitudes de alcance histórico".

Heidegger tinha razão: só uma esperança maior, em Deus, nos liberta do cansaço e do fanatismo, e transforma nossa esperança em busca da justiça.

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Tags:
EsperançaJustiça
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
Reportagem local
Corpo incorrupto de Santa Bernadette: o que o...
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
OLD WOMAN, WRITING
Cerith Gardiner
A carta de uma irlandesa de 107 anos sobre co...
No colo de Maria
Como rezar o terço? Um guia ilustrado
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia