Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Quarta-feira 22 Setembro |
home iconReligião
line break icon

Vaticano e pedofilia: especialista em defesa da criança responde às acusações da ONU

AFP PHOTO / GABRIEL BOUYS

ITALY, Rome : German father Hans Zollner, the Vatican's Chair of the Steering Committee of the Centre for the Protection of Minors, arrives at a press conference at the Gregorian University on February 05, 2013 in Rome. AFP PHOTO / GABRIEL BOUYS

Ary Waldir Ramos Díaz - Aleteia Vaticano - publicado em 20/02/14

O documento da comissão da ONU se concentra em exemplos que apoiam as críticas contra a Igreja.

Os exemplos parecem aleatórios e voltados a uma finalidade específica, sem reconhecer a contribuição das instituições católicas. Na Zâmbia e no Congo, por exemplo, a Igreja católica é provavelmente a instituição mais importante na área da saúde. E ela faz muito mais para proteger as crianças do que qualquer outra instituição, incluindo o próprio Estado.

Por falar em direitos das crianças, a ONU declarou que a Igreja deveria rever a sua doutrina sobre o aborto.

Isto, obviamente, quando se trata de direitos e de proteção das crianças de acordo com a doutrina da Igreja, é uma bofetada inacreditável, porque, para nós, o direito da criança já começa no momento da concepção! E excluir dessa proteção o período de gravidez é inconcebível para a Igreja. Aqui você pode ver como certas ideologias atacam um direito que é fundamental, ou seja, o direito à vida.

Que medidas estão sendo aplicadas pelas Igrejas locais, sob a orientação da Santa Sé, nos casos de sacerdotes ou religiosos suspeitos de abusos?

Em primeiro lugar, existe a norma geral, e depois as regras especiais. A Santa Sé promulgou em 2011, mediante a Congregação para a Doutrina da Fé, um esclarecimento sobre as normas da Igreja em geral e depois pediu que todas as conferências episcopais do mundo apresentassem as diretrizes para a situação de cada país em particular.

Qual é a regra geral nos casos de suspeita de abuso?

Em caso de suspeita, o superior provincial ou o bispo do lugar deve fazer uma investigação prévia. Se surgir uma probabilidade de que ocorreu um abuso, ele tem que enviar o material para uma investigação mais aprofundada por parte da Congregação para a Doutrina da Fé, simplesmente porque, durante muitas décadas, os bispos locais não fizeram a lição de casa, não seguiram as regras da Igreja, ficaram em silêncio, algumas vezes tentaram esconder e proteger mais os padres culpados do que as vítimas. Por este motivo, o papa Bento XVI, quando ainda era prefeito da congregação, em 2000 e 2001, pediu ao papa João Paulo II para concentrar toda a responsabilidade pelo tratamento jurídico desses casos na Congregação para a Doutrina da Fé, precisamente para evitar que a lei da Igreja deixasse de ser aplicada.

O senhor pode nos falar mais sobre o direito canônico e as orientações para as conferências episcopais?

Quando a Congregação [para a Doutrina da Fé] recebe esse material, as denúncias ou suspeitas de abuso, ela começa um processo, de acordo com as normas do direito canônico, e define as sanções, que podem chegar à exclusão do estado clerical.

As diretrizes das conferências episcopais não devem falar somente sobre a aplicação da lei geral da Igreja em relação aos agressores; a Santa Sé pede que as conferências também falem das medidas de prevenção, de como ouvir, de como ajudar as vítimas, e existe uma parte sobre a formação do clero. Infelizmente, algumas conferências episcopais, especialmente na África francófona, ainda não responderam.

Em muitos países onde existem guerras ou desastres naturais é difícil falar de diretrizes desse tipo. Em algumas partes do mundo, encontramos muita resistência a este assunto, não só na Igreja, mas na sociedade como um todo, e por isso é difícil manter diretrizes nessas conferências, mas a maioria, cerca de 90%, já respondeu. Depois disso, elas recebem instruções da Congregação para a Doutrina da Fé e têm que implementar os procedimentos.

O papa Francisco decidiu criar uma comissão para a proteção das crianças vítimas de abuso. O que o senhor acha da possibilidade, já levada em conta pelo papa, de que esta comissão seja incorporada à Congregação para a Doutrina da Fé?

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Tags:
Abusos SexuaisMundopedofilia
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Top 10
1
Exorcista padre Gabriele Amorth
Gelsomino Del Guercio
Os assombrosos diálogos entre o diabo e um exorcista do Vaticano
2
Aleteia Brasil
O dia em que os cães farejadores detectaram Alguém vivo no Sacrár...
3
HOLY COMMUNION
Reportagem local
A Santa Missa não pode ser trocada por orações pessoais: sem ela,...
4
BEATRIZ
Reportagem local
Mistério do sumiço de uma mulher em Aparecida já dura 9 anos
5
Berthe and Marcel
Lauriane Vofo Kana
O segredo do casal que tem a união mais longa da França
6
RECONSTRUCTED CHRIST
Lucandrea Massaro
Assim era Jesus: o misterioso Homem do Sudário, reconstruído em 3...
7
Sangue de São Januário ou San Gennaro
Reportagem local
Milagre do sangue de São Januário volta a ser registrado em Nápol...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia