Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.
Cadastre-se e receba Aleteia diretamente em seu email. É de graça.
Receber

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

Religiosos promovem campanha contra tráfico de pessoas na Copa do Mundo

Fabio Rodrigues Pozzebom/ABr
Seleção Brasileira de Futebol faz treino de reconhecimento no Estádio Nacional Mané Garrincha
Compartilhar

A exploração sexual de mulheres aumentou 40% durante a Copa na África do Sul

Os dados sobre o aumento da exploração sexual durante os grandes eventos esportivos têm preocupado a Igreja no Brasil. Segundo a Conferência dos Religiosos do Brasil (CRB), nas últimas Copas do Mundo, a exploração sexual aumentou em cerca de 30% na Alemanha, em 2006, e 40% na África do Sul em 2010. Outro dado que preocupa os religiosos é o numero de trabalhadores escravos durante a preparação das cidades sedes.

Essas informações são a base da campanha “Jogue em favor da vida”, promovida pela “Rede um grito pela Vida” da CRB. O objetivo é conscientizar as pessoas a respeito das ilusões e falsas promessas usualmente vinculadas a esses casos e coibir os abusos e violações dos direitos humanos durante a Copa do Mundo no Brasil.

“No Brasil, as vulnerabilidades são ligadas principalmente à exploração sexual de crianças e adolescentes e ao turismo sexual, sobretudo em algumas das cidades que sediam a Copa. E o turismo sexual é uma porta de entrada do tráfico de pessoas”, explica Ir. Gabriella, da coordenação da “Rede um grito pela Vida”.

A “Rede um grito pela Vida” trabalha em parceria com a Conferencia Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) contra o tráfico humano. De março até o final da Copa do Mundo, grupos de agentes farão atividades de formação, sensibilização e panfletagem em cidades de 20 estados brasileiros.

A ação prevê ainda plantão de agentes nas rodoviárias, aeroportos e portos do país para fiscalizar o tráfico de pessoas. Em recente mensagem enviada para a Igreja do Brasil por ocasião do lançamento da Campanha da Fraternidade, o Papa Francisco condenou o tráfico de pessoas.

“Não é possível ficar impassível, sabendo que existem seres humanos tratados como mercadoria! Pense-se em adoções de criança para remoção de órgãos, em mulheres enganadas e obrigadas a prostituir-se, em trabalhadores explorados, sem direitos nem voz, etc. Isso é tráfico humano!”, escreveu o pontífice. 

São leitores como você que contribuem para a missão da Aleteia

Desde o início de nossas atividades, em 2012, o número de leitores da Aleteia cresceu rapidamente em todo o mundo. Estamos comprometidos com a missão de fornecer artigos que enriquecem, informam e inspiram a vida católica. Por isso queremos que nossos artigos sejam acessados por todos. Mas, para isso, precisamos da sua ajuda. O jornalismo de qualidade tem um custo (maior do que o que a propaganda consegue cobrir). Leitores como você podem fazer uma grande diferença, doando apenas $ 3 por mês.