Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Quinta-feira 25 Fevereiro |
Beato Sebastião Aparício
home iconReligião
line break icon

A Missa é para os perfeitos?

Julian Kumar / Godong

<span class="genericlabel">R&eacute;f&eacute;rence image&nbsp;:</span> <span class="genericinfo">IT456622B</span> <table border="0" cellpadding="2" cellspacing="0" width="95%"> <tbody> <tr> <td valign="top"><span class="genericlabel">Photographe&nbsp;:</span> <span class="genericinfo">Julian Kumar / Godong</span></td> </tr> </tbody> </table> <table border="0" cellpadding="2" cellspacing="0" width="95%"> <tbody> <tr> <td valign="top"><span class="genericlabel">R&eacute;f&eacute;rence Reportage&nbsp;:</span> <span class="genericinfo">Ref:456</span></td> </tr> </tbody> </table> <table border="0" cellpadding="2" cellspacing="0" width="95%"> <tbody> <tr> <td valign="top"><span class="genericlabel">L&eacute;gende&nbsp;:</span> <span class="genericinfo">Mass in Chiesa della Madona del Carmine</span></td> </tr> </tbody> </table> <table border="0" cellpadding="2" cellspacing="0" width="95%"> <tbody> <tr> <td valign="top"><span class="genericlabel">Date&nbsp;:</span> <span class="genericinfo">31/07/2012</span></td> </tr> </tbody> </table> <table border="0" cellpadding="2" cellspacing="0" width="95%"> <tbody> <tr> <td valign="top"><span class="genericlabel">Copyright&nbsp;:</span> <span class="genericinfo">Godong contact@godong-photo.com</span></td> </tr> </tbody> </table> <table border="0" cellpadding="2" cellspacing="0" width="95%"> <tbody> <tr> <td valign="top"><span class="genericlabel">Pays&nbsp;:</span> <span class="genericinfo">Italie</span></td> </tr> </tbody> </table> <table border="0" cellpadding="2" cellspacing="0" width="95%"> <tbody> <tr> <td valign="top"><span class="genericlabel">Province, state &nbsp;:</span> <span class="genericinfo">Lecce</span></td> </tr> </tbody> </table> <span class="genericlabel">Ville&nbsp;:</span> <span class="genericinfo">Nardo</span>

Padre Fabián - publicado em 17/03/14

Será que é preciso ser como a Madre Teresa de Calcutá para poder a ir à Missa?

É comum ouvir de cristãos afastados a queixa (ou desculpa) de que não vão à Missa porque os que costumam ir em geral são pessoas muito pecadoras. De certa maneira, eles nos jogam na cara esta situação.

E sabemos que eles têm razão: os que vão à Missa costumam cometer muitos erros, grandes e pequenos, diariamente. O que fazer, então? Fechar as igrejas e voltar a celebrar a Missa quando conseguirmos ser como a Madre Teresa de Calcutá ou o Padre Pio?

De jeito nenhum. A situação é outra. E a própria celebração nos recorda como precisamos agir, quais devem ser nossas atitudes autênticas.

O Papa Francisco nos fala sobre este tema:

“Por vezes, alguém pergunta: ‘Por que deveríamos ir à igreja, visto que quem participa habitualmente na Santa Missa é pecador como os outros?’. Quantas vezes ouvimos isto! Na realidade, quem celebra a Eucaristia não o faz porque se considera ou quer parecer melhor do que os outros, mas precisamente porque se reconhece sempre necessitado de ser acolhido e regenerado pela misericórdia de Deus, que se fez carne em Jesus Cristo.

Se não nos sentirmos necessitados da misericórdia de Deus, se não nos sentirmos pecadores, melhor seria não irmos à Missa! Nós vamos à Missa porque somos pecadores e queremos receber o perdão de Deus, participar na redenção de Jesus e no seu perdão. Aquele ‘Confesso’ que recitamos no início não é um ‘pro forma’, mas um verdadeiro ato de penitência! Sou pecador e confesso-o: assim começa a Missa!

Nunca devemos esquecer que a Última Ceia de Jesus teve lugar ‘na noite em que Ele foi entregue’ (1 Cor 11, 23). Naquele pão e naquele vinho que oferecemos, e ao redor dos quais nos congregamos, renova-se de cada vez a dádiva do corpo e do sangue de Cristo, para a remissão dos nossos pecados. Temos que ir à Missa como pecadores, humildemente, e é o Senhor que nos reconcilia.”

É preciso lembrar também que as orações da Missa nos ajudam a mergulhar na misericórdia de Deus.

Há dois gestos particularmente significativos. O primeiro é o ato penitencial. Ele vem logo depois da saudação do sacerdote à comunidade reunida. Nesse momento, todos, sem exceção, se reconhecem pecadores e pedem perdão a Deus: “Por minha culpa, minha tão grande culpa”.

É interessante que dizemos “minha”, não “nossa” culpa. Porque os pecados são pessoais e não podemos acusar os outros, ainda quando pecamos juntos.

Outro gesto está presente no final da Missa. Nós nos preparamos para a comunhão com um gesto de paz. Abençoamos o irmão como Jesus quis que fizéssemos (cf. Lc 10, 5-6; 24, 36), desejando “shalom”, paz. Este é também um gesto de reconciliação com o irmão quando não temos paz entre nós (cf. Mt 5, 23-24).

O sacerdote, por sua vez, também tem um gesto próprio e duas orações privadas de petição de perdão. O gesto é o de lavar as mãos logo após o ofertório. Uma das orações privadas é feita por ele quando beija a Bíblia, após ler o Evangelho, pedindo que a Palavra de Deus apague os nossos pecados.

A outra oração, mais longa, é feita pelo padre após partir a Hóstia consagrada, antes da comunhão. Podemos observar que ele se inclina nesse momento. É neste momento que ele faz a oração privada, que termina com a genuflexão diante do Santíssimo.

Depois destas reflexões, podemos concluir, com o Papa Francisco: “Nós vamos à Missa porque somos pecadores e queremos receber o perdão de Deus”.

Em outras palavras, quem coloca como pretexto que não vai à Missa porque os que vão são pecadores, não entendeu nada – e talvez esteja com uma atitude de soberba, considerando-se um santo que não precisa da graça, do perdão e da misericórdia de Deus.

O que você acha?

Tags:
Papa FranciscoPecado
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
Eucaristia
Reportagem local
Diocese afasta padre que convidou pastor para “concelebrar&...
2
Padre Paulo Ricardo
Nossos tempos são os últimos? A Irmã Lúcia responde
3
OPERA SINGER
Cerith Gardiner
Cantora de ópera faz apresentação incomum e homenageia Maria e as...
4
DOMINIKANIN, SZCZEPIONKA COVID
Jesús V. Picón
Padre desenvolve vacina contra Covid-19 para os pobres
5
SPANISH FLU
Philip Kosloski
Os poderosos conselhos do Padre Pio durante uma pandemia na Itáli...
6
FATHER RANIERO CANTALAMESSA
Vatican News
Cuidado com a hipocrisia: a pureza de coração é condição para ver...
7
NIEPOKALANE POCZĘCIE
Reportagem local
Nossa Senhora se ajoelha no Céu toda vez que rezamos esta oração
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia