Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Terça-feira 21 Setembro |
home iconReligião
line break icon

Francisco iniciou a reforma da Igreja em sua casa e em si mesmo

© MASSIMILIANO MIGLIORATO/CPP

March 19, 2014: Pope Francis waves as he leaves at the end of the weekly general audience in St. Peter's Sq. at the Vatican.

Aleteia Vaticano - publicado em 19/03/14

Mais profundamente, creio que podemos compreender o sentido desse novo pontificado a partir de Santo Inácio de Loyola. Santo Inácio foi um convertido de coração tenro e compassivo, gratificado com o dom das lágrimas, mas foi também um soldado pronto para os mais duros sacrifícios, um peregrino-mendicante como Francisco de Assis, que aspirava à Terra Santa e à evangelização, um companheiro de Jesus, missionário na alma, homem sem fronteiras, e sobretudo arrastava multidões com uma extraordinária habilidade.

Enraizar-se na história da Companhia de Jesus demonstra isso. Todos esses traços do grande santo espanhol se encontram em Francisco, que une a paixão do Evangelho ao sentido profundo do discernimento espiritual, a serviço de uma reforma da Igreja que se afirma mais por atração do bem que pelo constrangimento de uma disciplina.

Francisco evangeliza pela atração, envolvendo meios simples como a pregação diária em Santa Marta com uma linguagem acessível, que muitos fiéis gostam de escutar e retransmitir para além de suas redes de contato. O Papa utiliza imagens originais e palavras fortes, que acompanham gestos que se imprimem na memória e chamam a atenção das mídias.

As suas frases, são “twittáveis” e efetivamente “twittadas” aos quatro cantos do mundo, de pessoa a pessoa, levando uma onda de interesse de pessoas distantes da Igreja e um lançamento de entusiasmo a muitos jovens e menos jovens. As multidões que vão às catequeses das quartas-feiras e aos Ângelus dominicais confirmam que a atividade não se detém em uma curiosidade passageira que não tardaria a esvanecer, mas sobre algo mais profundo que convida a uma séria reflexão.

O Papa argentino lança desafios que envolvem uma revisão de vida pessoal e comunitária. Fugir da “espiritualidade mundana”, da ambição, dos privilégios, das fofocas, considerar as funções como um serviço e não como um poder de comando a ser obedecido. 

Três prioridades resultam da sua ação pastoral: os pobres, as famílias e os jovens. Primeiro, os pobres, todos os pobres, nada que possa surpreender, sendo ele um papa de ideal franciscano. Mas a amplitude do seu projeto impressiona e ao mesmo tempo inquieta certos ambientes que o têm acusado de “marxismo”. “Como gostaria de uma Igreja pobre e pelos pobres!”. Uma Igreja consciente da trágica situação da humanidade de hoje, na qual a Igreja mesma se assemelha a um hospital que cuida dos feridos dispersos após uma áspera batalha.

Esta dramática imagem da Igreja captura a atenção, atualiza a consciência de uma necessidade de salvação que é profundamente humana e religiosa ao mesmo tempo. Francisco é guiado pela convicção de que somente Cristo Salvador responde verdadeiramente aos desafios da pobreza e da injustiça, assim como da violência e da guerra. “Sendo rico, Cristo se fez pobre para nos enriquecer com sua pobreza” (cf. 2 Cor 8, 9). Ao invés de fazer cálculos minuciosos, ele se deixa guiar da inspiração do Espírito Santo, que sopra onde quer, de modo imprevisível, e que Francisco sabe acolher verdadeiramente bem, à maneira de Santo Inácio.

Os jovens de hoje habitam em um novo mundo, o continente digital, de onde são originários, porque conhecem e utilizam espontaneamente as tecnologias de comunicação; neste continente digital, as pessoas de minha geração se sentem mais como imigrantes ou refugiados.

Papa Francisco se ambientou rapidamente neste novo mundo e a sua rede de followers se tornou seu transmissor e multiplicador de suas mensagens evangélicas. Ele adéqua a própria linguagem à cultura virtual dos jovens, embora testemunhando sem ambiguidade que Jesus não é uma ideia, um sonho, ou um ídolo virtual, mas uma Pessoa real com a qual se pode viver uma amizade que transforma a vida.

Caros amigos da América Latina, saúdo-vos e felicito-me convosco ao término do primeiro ano de Francisco, o primeiro papa latino-americano. Estamos muito orgulhosos de que o nosso concidadão tenha conquistado, em pouco tempo, um seguimento no mundo inteiro como chefe da Igreja Católica. Estamos orgulhosos, sendo profundamente solidários com ele, “discípulos missionários”, convencidos e convincentes, entusiastas para responder ao seu apelo.

O nosso reconhecimento a Deus pela graça de suas alegres surpresas e o nosso reconhecimento a Francisco pelo seu belo exemplo de pastor não serão verdadeiramente significativos se não respondermos, com uma conversão pessoal e comunitária, à graça inesperada deste novo pontificado. Que Nossa Senhora de Guadalupe nos sustente e nos proteja neste compromisso.

  • 1
  • 2
Tags:
IgrejaIgreja CatólicaMundoPapa Francisco
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Top 10
1
BEATRIZ
Reportagem local
Mistério do sumiço de uma mulher em Aparecida já dura 9 anos
2
Exorcista padre Gabriele Amorth
Gelsomino Del Guercio
Os assombrosos diálogos entre o diabo e um exorcista do Vaticano
3
Berthe and Marcel
Lauriane Vofo Kana
O segredo do casal que tem a união mais longa da França
4
Aleteia Brasil
O dia em que os cães farejadores detectaram Alguém vivo no Sacrár...
5
Papa Francisco
Francisco Vêneto
Papa reafirma: casamento sacramental é só entre homem e mulher
6
HOLY COMMUNION
Reportagem local
A Santa Missa não pode ser trocada por orações pessoais: sem ela,...
7
Pe. Zezinho
Reportagem local
Pe. Zezinho faz alerta sobre orações de cura e libertação
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia